Os nove filhos de Oyá

1  –  Imalegã – Nasceu no primeiro dia. Foi tirado do ventre de Oiá pelas Iyamis e envolvido em abanos.

2 – Iorugã – Foi envolvido em palha seca e alimentado com talos de bananeira. Nasceu com a vaidade de Oiá e é o preferido.

3 – Akugã – Nasceu do terceiro dia da tempestade e foi criado nas touceiras de bambu. É rebelde. Não se deve tocar o chão do bambuzal.
4 – Urugã – Alimenta-se das folhas das bananeiras e esconde-se nas florestas. Faz buracos.
5 – Omorugã – Alimenta-se do pó do bambu que está caído no chão. Vive no milharal e fica escondido nos bambuzais observando os seres humanos.
6 – Demó – Oiá cobriu-o de lama para saber os segredos de seus inimigos. Usa pele de búfalo para acompanhar Oxóssi.
7 – Reigá – Acompanha os mortos e ronda os cemitérios. Esconde-se nas grandes árvores dos cemitérios e ronda as sepulturas à procura de objetos perdidos ou esquecidos pelas pessoas.
8 – Heigá – É violento e vive perseguindo o Ori do ser humano. Propicia desastres e desordens.
9 – Egungun – Oiá preparou-o para combater. Apossa-se do ser humano, fazendo-o cometer desatinos.

OS FILHOS DE XANGÔ

Os filhos de Xangô nascem para ser grandes vencedores na vida. Por mais que passem pelas mais graves humilhações, tenham de superar complicados obstáculos, sempre terão seu nome entre as pessoas que venceram por seus talentos e fizeram história. Audaciosos e justiceiros, não aceitam o destino como uma ilha isolada e sem saída, correm atrás do que acreditam ser certo, mesmo quando isso não vá mexer em nada com suas vidas e sim ajudar alguém em especial.
 
 
São grandes exemplos para aqueles que se deixam abater por qualquer coisa. A fortaleza dos regidos por Xangô vem da crença que possuem em si mesmos. 
No amor, adoram curtir a vida e não abrem mão de seus prazeres, por isso são muito namoradores. Demoram em se prender a alguém, aliás, demoram a se apaixonar.
São considerados amantes perfeitos e inesquecíveis, sabem como mexer com os desejos mais secretos do par e como fazer a pessoa se sentir segura em seus braços. Fidelidade não é o seu forte, mesmo quando estão apaixonados ou vivendo um romance sério e podem até cair na ousadia de namorar mais de uma pessoa ao mesmo tempo.
 
 
Por serem extrovertidos e carismáticos, acabam chamando a atenção de muitos e despertando o ciúme do parceiro e a coisa que não toleram é serem cobrados. Preferem ficar só.
 
 
Quando o assunto é trabalho, são tidos como uma pessoa difícil de lidar. Tem tudo para se destacar em suas profissões como administração, contabilidade, direito ou comércio, de preferência que mexa com a vida noturna da cidade em que vive. O gênio autoritário faz com que sejam odiados por muitos. Não aceitam outra opinião que não seja a deles, a não ser que a argumentação seja forte. Por falar a verdade, por falar tudo o que pensam doa a quem doer. Costumam criar inimigos de graça. Às vezes, perdem o emprego por não saber controlar a língua. 
 
 
Com a idade, aprendem que há hora para tudo e que nem sempre tem razão, por mais que sua idéia seja boa. Por terem a posição tensa de um guerreiro que jamais deve cair, vivem com os nervos à flor da pele. Não é difícil ter problemas de coração e do sistema nervoso, costumam ser hipertensos e sofrer com nevralgias e tensão. Doenças ocasionadas pela vida austera que levam, pois são autoritários, severos, justiceiros, egocêntricos e mandões. Possuem uma tendência a violência, temperamento quente, pavio curto. São muito benevolentes e solidários, mas devem ter cuidado para não aborrecê-los, pois sua ira é incontrolável. 
 
 
Possuem um bom senso de justiça, não gostam de ver seus amigos injustiçados, compram logo a briga e resolvem logo, mesmo que seja com a força física, pois perdem o controle diante de contrariedades. Para diminuir os riscos de cair numa cama, precisam buscar uma vida mais saudável e principalmente colocar para fora seus sentimentos mais humanos como medo, saudade, dor, carência, etc.
 
 
Os filhos de Xangô são reconhecidos rapidamente, pois gostam de muitas badalações, de festas onde haja muita comida, pois possuem fama de comilões e esteticamente possuem corpo forte, com tendência a obesidade, normalmente são baixinhos e possuem olhar expressivo.
A quizila dos filhos de Xangô em especial é não comer quiabo e não comer camarão sem tirar a calda e os espetos da cabeça do camarão, senão poderão trazer sérios problemas para essas pessoas.

OS FILHOS DE OXALÁ

Os filhos de Oxalá são pessoas literalmente tranquilas, literalmente equilibradas. O psicológico dos filhos de Oxalá é que são pessoas calmas e reinantes, mas devemos observar que pelo menos no Brasil, Oxalá está subdividido em Oxaguian, que é o Oxalá novo e  Oxalufan que é o Oxalá velho e as características de um e de outro são geralmente bem diferentes. Entretanto, ambos são respeitados e cultuados como Oxalá, e conseqüentemente tem algo em comum em seus temperamentos, a formação da personalidade dos filhos de Oxaguian e de Oxalufan, na verdade começa na infância e da mesma maneira e diversificando, se fixando com o passar do tempo.
Algumas formas de comportamento dos filhos destes dois tipos de Oxalá são muitíssimas parecidas, mas se analisarmos, mas ao fundo, verificamos que é até mesmo antagônico exemplo disso, é que em algumas demarcações são fundamentadas com Ogum, Oxóssi, Logum Edé, Oxum, fazendo destes que são regidos, pessoas mais ativas, animadas, extrovertidas e outras são fundamentadas normalmente com Orixás mais idosos como Omulu, Nanã, Iemanjá, fazendo dos regidos por esse orixá, pessoas mais calmas, introvertidas, pensativas e até mesmo mais lentas.
 
 
Oxalufan no sentido geral são pessoas mais compenetradas, introspectivas, de forte poder de liderança e capacidade de decidir, de resolver, de aconselhar. São muito parecidos com os filhos de Xangô, com certeza trazem consigo o equilíbrio da justiça, do exato, do correto. São pessoas severas, pois gostam de um trabalho limpo e bem feito, normalmente são pessoas muito sérias e de riso difícil, pois entendem a vida como uma missão que deve ser bem cumprida.
Como amantes são ternos e inconstantes, porém são os melhores líderes de família, os melhores chefes de família que existem, pela forma de conduzir-se e com certeza o equilíbrio emocional é o ponto referencial dos filhos de Oxalá. Negativamente são indivíduos de grande impaciência, lentos, vagarosos, meticulosos, reacionários, metódicos e exclusivistas.
 
 
Os regidos por Oxalá são pessoas que reclamam muito, pois acreditam cegamente que são os donos da verdade e da pura sabedoria. São também um pouco egocêntricos e normalmente donos de um grande ciúme, mesmo daquilo que não lhes pertence. Negativamente apesar de ser considerado um Orixá velho, os filhos de Oxalá são pessoas muito ativas e participantes, pessoas que se apegam facilmente a tudo e a todos e espera num sonho dourado resolver os problemas do mundo. São interessadas, amigas, sonhadoras e até mesmo arrojadas, calmas e serenas, escrupulosas e muito honestas.
Como amantes são ardentes apesar de não serem muito felizes no campo sentimental, fazem o possível para se acender sexualmente, o que dificilmente acontece, pois devido a forte carga de energia positiva de pacificação, de pureza, acabam muitas vezes fugindo dos hábitos normais do sexo. Como profissionais são destacados pelo enorme senso de responsabilidade e a liderança que carregam dentro do culto sempre se destacam pela seriedade, pela dedicação. Negativamente são volúveis, fúteis e de sensibilidade exagerada.
 
 
Os filhos de Oxalá não se contentam nunca com aquilo que tem e com certeza estão sempre entrando em choque com as pessoas, vivem reclamando da vida, gostam de um disse me disse e tem um forte poder de feitiço. Normalmente quando amigos tiram-se tudo dele, entretanto, se inimigos, tomem cuidado, pois são impiedosos e implacáveis nos desejos, na vingança, amadurecem pouco a pouco uma vingança e quando menos se espera a casa cai.
 
 
Mas o lado positivo dos filhos de Oxalá é que no geral seus filhos são pessoas muitas bem quistas dentro das casas de axé, dentro da cultura africanista. São pessoas sempre bem vindas, pois estão sempre prontas a participar de fundamentação, de orôs, por estarem sempre mesmo que não queiram, em estado de pureza, em estado de coração aberto. Pessoas que são incapazes às vezes de criticar, de colocar defeito naquilo que eles participam. Quando eles não podem ajudar também não atrapalham, por isso essas pessoas são muito bem vindas às casas de axé, são muito bem vindas para cargos de santo, muito bem vindas para ajudar qualquer casa de axé.
 
 
Os filhos de Oxalá são pessoas que se destacam por serem calmos, pacientes e uns tanto diplomáticos. Sabem como lidar com todo tipo de gente e com jeitinho consegue tirar sempre o melhor das pessoas. Não suportam injustiças e, para ver uma pessoa recebendo    o que lhe é direito, luta como se o problema fosse seu. Não costumam ter inimigos e nem serem invejadas, porque são pessoas humildes que fazem questão de viver de maneira simples, independemente de suas condições financeiras. É difícil vê-los nervosos, mas quando perdem a cabeça, o mundo se abala. Não olham para onde atiram os dardos envenenados, querem a verdade e a solução. Desculpas e tentativas de conciliação não tem espaço.
 
 
No amor são tímidos e sofrem por isso. Até encontrar alguém que esteja disposto a mergulhar nos mistérios de seu coração, sofrem com a solidão. Não namoram muito e, quando se apaixonam, agem como se fosse para sempre. Ainda cedo, acabam encontrando seu amor verdadeiro e costumam viver com ele até o fim da sua vida. Como poucos, sabem usar os seus poderes de sedução e seu romantismo para manter acesa a chama da paixão. Todas as vezes que surgem problemas, usam o diálogo como uma forma de reconciliação. Jamais usam palavras ásperas ou vulgares por mais nervosas que estejam e sabem que sua sinceridade é o seu ponto forte. Quando tem filhos, se transformam numa pessoa melhor ainda.
 
 
Costumam ser bem sucedidos em trabalhos que visam o bem de muitas pessoas. Não conseguem apenas ganhar dinheiro. Quando isso acontece em idade madura, costumam largar tudo por uma causa social. 
 
 
Influenciados por Oxalá, geralmente, torna-se grandes educadores, capaz de levar um grupo  a transformar a vida para melhor. Podem acabar em cargos do governo como diplomata, por saber lidar com o diferente. Como também possuem grande talento artístico, podem se destacar e se realizar como escritores. A inteligência é sempre muito requisitada, o que a força estar sempre fazendo novos cursos e assumindo cargos cada vez maiores onde trabalha. Precisa  analisar  sempre se é o que deseja, porque corre o risco de se estressar, cair doente e descobrir que tudo o que viveu não valeu a pena. Com calma, saberá como vencer na vida sem maiores problemas e chegar muito além do que imaginou.
 
 
A saúde não é das melhores, principalmente porque, muitas vezes, não consegue compreender as injustiças sociais e que nada pode fazer. Isso acaba fazendo com que sofram de gastrite e até desenvolva uma úlcera. Tem tendências à circulação deficiente e problemas nos rins e problemas de visão também são comuns. É preciso buscar maneiras de relaxar não apenas o corpo.
 
 
Os filhos de Oxalá tem uma grande tendência para a teimosia, mas que jamais resulta em violência – que Oxalá detesta, e quando estão na fase serena, relacionam-se em seu meio com responsabilidade, equilíbrio e respeito. Amáveis, prestimosos e espiritualistas, são capazes de resolver os maiores problemas com grande sabedoria, porém algumas vezes tornam-se calados, temperamentais e capazes de uma agilidade sobre-humana. Ainda assim, ostentam uma personalidade majestática e altiva. São aglutinadores e centralizadores, embora pareçam velhos desde a mais tenra idade.

OS FILHOS DE IROKO

Seus filhos são dotados de um senso de justiça diferente dos de Xangô. Enquanto Xangô é extremista à justiça, doa a quem doer, Iroko observa a justiça absolutamente individual, ou seja, preza muito pela subjetividade do individuo. Se o cumprimento do Karma do indivíduo é concluído, há de ser merecedor de seus créditos (Darma).
Isso reflete na ausência de comparações para o senso crítico de justiça desses filhos. Esses nunca dirão algo como “fulano está certo e você errado”, mas sim, estarão sempre dizendo “vejamos o que você fez, por que fez isso?”. São pontos de análise completamente diferentes, embora estejam muito próximos. Extremamente inteligentes e sábios, carregam o perfil psicológico daquele que mais ouve do que fala, pois em muitas das vezes já conhece o final da história contada. Apesar de também ser ranzinza, distingue-se da figura de Oxalufã por ser mais extrovertido e festivo.
Os filhos de Iroko são tidos como eloquentes, ciumentos, camaradas, inteligentes, competentes, teimosos, turrões e generosos.
Gostam de diversão: dançar e cozinhar; comer e beber bem.
Apaixonam-se com facilidade e gostam de liderar.
Dotados de senso de justiça, são amigos queridos, mas também podem ser inimigos terríveis, no entanto, reconciliam-se facilmente.
Um defeito grande, é o facto de não conseguirem guardar segredos.

OS FILHOS DE LOGUM EDÉ

Seus filhos aprendem a ter prazer pela vida e por estar perto das pessoas. Por se amar demais, ele auxilia as pessoas que estejam sofrendo e com a auto-estima muito baixa, como também gosta de luxo, eles ajudam pessoas que estejam passando por dificuldades financeiras, porém se não aprenderem a valorizar o que conquistaram, podem perder tudo.
 
 
Possui uma beleza natural e muito talento nas formas artísticas, como canto e dança. Têm muito contato com crianças e muitas vezes assumem comportamentos infantis. São muito responsáveis, porém não muito decididos, pois não sabem ao certo o que são e nem o que querem.
Sempre de aparência jovem, causando a impressão de que tem idade inferior à que realmente tem, e quando seus defeitos aparecem, demonstram-se orgulhosos e prepotentes. 
 
 
Os filhos deste Orixá querem conquistar o mundo com os pés em quinas de parede. Seus filhos devem tomar cuidado com problemas na cabeça e problemas respiratórios. São pessoas que se destacam pela beleza física e provocam afeição das mulheres (ou dos homens). São vistos como tipo de atraentes e sedutores. Também podem apresentar características de vaidade, preguiça e ciúmes. São contraditórios como Logum Edé e possuem natureza imprevisível. Tendem a puxar para o lado da mãe (sociabilidade) ou do pai (individualismo). Os filhos deste Orixá são volúveis, sonhadores, inteligentes e observadores. São impessoais e ao mesmo tempo gostam de penetrar em mundos completamente opostos ao seu. Assumem desafios, mesmo não estando muito seguro de que vão dar conta e sua personalidade é inconstante.
 
 
Os filhos de Logum Edé são pessoas muito inteligentes, muito inquietas, querem fazer mil coisas ao mesmo tempo, são pessoas com um tino comercial muito bom para questão de grana, de comércio e o único problema é que às vezes elas se perdem pelas suas paixões, pelos seus devaneios, pelos seus sonhos e com isso não conseguem realizar materialmente coisas importantes em sua vida, mas se tiverem uns sensos práticos bem determinados, com certeza terão tudo para conseguirem tudo de bom na vida.
 
 
Os filhos de Logum Edé possuem características de Oxum, ou seja, o narcisismo, a vaidade, o gosto pelo luxo, sensualidade, beleza, charme, elegância e tem características incomuns com Oxóssi, ou seja, beleza, vaidade, cautela, objetividade e segurança. No entanto, as características de Logum Edé que não pertencem nem a Oxum, nem a Oxóssi, na verdade ele reúne o arquétipo de ambos, mas de forma superficial. A superficialidade é a marca dos filhos de Logum Edé porque lhe dá o contrário dos filhos de Oxóssi, dos filhos de Oxum, não tem certeza do que são e nem do que querem.
 
 
As qualidades de Oxum e de Oxóssi se amenizam em Logum Edé, mas em compensação, os defeitos se destacam desta forma: são extremamente soberbos às vezes arrogantes e prepotentes, mas algo não se pode negar, os filhos de Logum são bonitos, possuem olhos de gato, algo que atrai e repele ao mesmo tempo. São do tipo bonitinho mais ordinário. São mandões, os donos da verdade, os mais belos cujo ego não cabe em si. Melhor não lhes fazer elogios em sua presença a não ser que queira ver sua imensa cauda de pavão abrir-se em leque. 
 
 
Quando tem consciência e consegue controlar os seus defeitos, os filhos de Logum Edé tornam-se pessoas muito agradáveis e muito bem quistos pela sociedade, são muito queridos nos ambientes de trabalho, nas rodas de amigos, são muitas vezes perseguidos por membros da família como irmãos mais novos ou mais velhos, primos, enfim, porque indiretamente acabam se tornando o quequê da família, acabam se tornando os protegidos ou até mesmo super protegidos dos pais, mas não que isso aconteça forçadamente, não que isso aconteça por necessidade, porque eles são capazes de transitarem livremente diante da problemática social, genética e seguirem seu caminho, escreverem cada um a sua história, mas sempre com muito encantamento, sempre com muita magia, sempre com muita força de caçador e com muito amor de Oxum, muita vaidade de Oxum, porque o encantamento de Logum Edé sem a magia, sem a beleza interior, sem o mistério que envolve cada ser humano, sem o potencial elementar da natureza que é o amor em primeiro lugar, a criação divina em segundo lugar por si próprio e em terceiro lugar por quem nos acompanha, seria impossível viver nessa terra de sentimentos conflitantes, de pessoas conflitantes, de cabeças mutantes, de pessoas que vivem e convivem sem muitas vezes se revelarem quem são realmente. 
 
 
Quantas vezes vivemos na companhia de uma pessoa e quando menos esperamos somos surpreendidos por atitudes e comportamentos totalmente oposto ao que nós esperaríamos dela?
Essa é a magia, esse é o encantamento, é a força em que faz cada ser humano crescer desconfiando, crescer sabendo que ninguém é 100% confiável, crescer sabendo que na guerra do amor vale tudo, crescer sabendo que quando se ama corre-se risco, a não ser que ame em primeiro lugar a si próprio e para amar a si próprio só tendo Logum Edé na genética espiritual, só tendo o conhecimento da existência dessa força mágica que é o misto de Oxóssi e de Oxum.

OS FILHOS DE OXUM

Os filhos de Oxum são pessoas finas, pessoas chiques, pessoas que gostam do belo, gostam de luxo, são pessoas que apreciam o melhor da vida, mesmo sendo desprovidas de potencial, mesmo sendo desprovidas de valores financeiros, ainda assim lá no seu interior, possuem no seu olhar o luxo, possuem na sua forma de agir, na sua forma de falar, de se portar, sempre o jeito de pessoas de boa situação, pessoas de boa educação, mesmo sendo pessoas desprovidas de cultura.
 
 
Os filhos de Oxum são infantis, crédulos e aparentemente ingênuos, são emotivos, instáveis, sedutores, inconstantes e infiéis. Choram e riem com a mesma facilidade. São doces como o mel quando desejam conquistar ou possuir algo, mas são falsos e mentirosos quando isso não lhes interessa. Perseguem seus objetivos, mas não são tão perseverantes no momento de atingi-los, ou seja, podem mudar de rumo, desviando-se dos obstáculos mais difíceis, mas continuam firmes na perseguição. Possuem um olhar encantador que parece enfeitiçar as pessoas, sempre se importam com a opinião pública, pois detestam vexame, bafafás e qualquer tipo de confusão ou escândalo.
 
 
Os filhos deste Orixá adoram roupas finas, caras, perfumes, luxo, conforto, riqueza, delicadas, sofisticadas, afeitas mesmo a alguma futilidade, são vaidosos e interesseiros, adoram jóias e adulações, chegam a ser narcisistas de tão vaidosos, não se apegam muito a paixões impossíveis. 
São também estrategistas, gostam de tudo no esquema, são namoradeiras e tem um interessa especial por sexo, não prestam muita fidelidade a seus maridos, são inconstantes no amor, mas quando querem um homem lutam até tê-lo a seu lado. Tem forte tendência artística ou para qualquer profissão que envolva ascensão social e muito dinheiro.
 
 
Os filhos de Oxum são dotados de uma espiritualidade sempre fora do comum com um alto grau intuitivo.
A forma física dos filhos de Oxum: normalmente são gordinhos, pois têm tendência para engordar, o que é coerente, pois adoram os prazeres, as festas, a vida social em geral. São muito fecundos, tem filhos com facilidade e são propensos a serem “gordinhos”. São preguiçosos, moles, indecisos, mostram falta de cuidado, parecem relaxados, mas esta é a maneira de seduzir.
Seus filhos têm tendência a sofrer de hipertensão, problemas de circulação, tensão nervosa e devem tomar muito cuidado com o álcool, as drogas e as doenças venéreas.
 
 
Os regidos por Oxum costumam ser muito amorosos, protetores e amigos. Onde quer que estejam sempre estarão mais preocupados com o bem-estar dos outros do que com o seu. Isso lhes confere grande espiritualidade e proteção em todos os momentos da vida. Gostam de receber as pessoas em sua casa e dá grande valor a família. Sentimentais ao extremo, são capazes de chorar por qualquer coisa, o que faz com que algumas pessoas aproveitadoras inventem mentiras para tirar proveito destes regidos por Oxum. Precisam aprender a ser mais durões e dizer não, mesmo que no fundo sofram com isso.
 
 
Quando o assunto é amor, os filhos de Oxum não abrem mão de ser feliz. Não curtem namorar muito ou se envolver com grandes paixões. Desejam logo se casar e formar uma família. Curtem sair com os amigos, ir a festas, mas em companhia da pessoa que ama. Vaidosas, fazem de tudo para que a pessoa amada os ache bonitos (as). Quando estão a fim de alguém sabem como chegar e abrir o jogo. Seus relacionamentos amorosos tendem a ser complicados porque o ciúme sempre fala mais alto. Não conseguem ver a pessoa amada conversando com o sexo oposto sem imaginar uma traição. Também são bastante possessivos e não gostam de dividir que ama com ninguém. 
 
 
É difícil para quem está ao seu lado viver dividido entre suas exigências e o amor que possui por outras pessoas. Apesar disso tudo, não são de brigas, preferem contornar a situação até o ponto que não dê mais, tendo de encarar a pessoa amada de frente.
 
 
Apesar de serem ambiciosos e buscarem estabilidade financeira acima de tudo em sua vida, são também um pouco preguiçosos. Procuram bons empregos, mas não estão dispostos a fazer maiores sacrifícios para obter uma vida melhor. Geralmente se saem bem em profissões onde possam ajudar diretamente as pessoas como assistente social, enfermagem, psicologia, etc. A área de educação também faz com que se destaquem e se realizem. Por serem vaidosos, tem grandes habilidades para lidar com coisas ligadas à beleza e trabalhar em clínica de estética pode render bons lucros. Em tudo o que fazem se dedicam com afinco, mas se sentirem que o emprego está afastando da sua família ou de curtir momentos importantes com os amigos, são capazes de abrir mão dele sem sentirem-se culpados.
 
 
De maneira geral, os protegidos de Oxum possuem boa saúde, porém sofrem com a facilidade de engordar, podendo chegar a obesidade. Para não cair na armadilha, o melhor que tem a fazer é começar a se cuidar desde jovem. Não devem abrir mão de uma alimentação saudável e principalmente devem trabalhar melhor suas emoções ou descontarão tudo em bons pratos de comida, o que fará mal. Deve ler bons livros, meditar, fazer yôga para aliviar a tensão.
Oriri com obi ralado é um banho muito bom para os filhos de Oxum.

OS FILHOS DE OXUMARÊ

Os filhos de Oxumarê são pessoas graciosas de fala macia, consideradas ambiciosas, que fazem o possível para vencerem na vida. Possuem o dom da paciência e da perseverança. Não se deixam abater pelas contrariedades que a vida lhe traz, revertendo sempre a situação a seu favor. Suportam com altivez qualquer rejeição que venham a sofrer. São prudentes e astutos nos negócios, gostam de luxo e da companhia de pessoas influentes. Confiam mais nas suas vibrações que nos conselhos dos outros. 
 
 
Quando conseguem uma certa projeção social, podem se tornar orgulhosos e, às vezes, arrogantes, ao tentarem diminuir as pessoas que o cercam. Eles sempre se destacam em qualquer ambiente, exibindo toda a sua soberania, cientes do seu caráter altivo e guerreiro. Apesar disso os filhos de Oxumarê são muito bons de coração, apiedando-se do sofrimento alheio e não se negando a ajuda-los. Não suportam ser colocados de lado ou serem traídos de alguma forma. Nessas situações, reagem usando alguns subterfúgios, para que esses inimigos sintam sua presença forte e ameaçadora, o que geralmente conseguem. Num confronto pessoal, agem com muita calma e coragem, falando tudo o que tem vontade, deixando a pessoa sem reação. Não se deve, portanto provocar uma pessoa que seja deste Orixá, sem estar preparado para uma reação brusca e agressiva como o bote de uma serpente. 
 
 
As pessoas deste Orixá são muito comunicativas e extrovertidas, provocando inveja em muitas pessoas. Mesmo que estejam passando por momentos difíceis, estão sempre dispostos a enfrentar os problemas, ao invés de fugir deles. São muito dinâmicos, indo atrás de novidades em todos os sentidos. Desempenham muito bem tudo o que se propõem a fazer, demonstrando extrema segurança em suas ações. Emocionalmente, são instáveis e com tendência a solidão, mesmo que acompanhados, provocando nas pessoas todo tipo de sentimento, como amor, ódio, alegria, compaixão, admiração, etc. Suas características se aninham em seus filhos, como a clarividência (poder de ver coisas que não são visíveis a olho nu). 
 
 
Os filhos de Oxumarê têm a capacidade de renovação e mudança constante, tanto que são tidos como pessoas que podem romper com seu estilo de vida e ser capazes de abandonar tudo (emprego e amizades) para começar uma nova etapa da vida. Tem tendência também à bissexualidade, mas nem todos os filhos de Oxumarê aceitam isso com tranqüilidade. Outras qualidades são a inteligência, a curiosidade e a ironia. São muito agitados e precisam de movimentação. São pacientes e determinados, vão até o fim em tudo o que fazem.
 
 
Os filhos de Oxumarê, divididos, entre as famílias da Dan, Bessem e Angorô são dotados de incrível capacidade de adaptação a qualquer tipo de situação. São pessoas despachadas, astutas, inteligentes e bastante observadoras; estão em constante movimento e não se deixam prender por nada, a não ser aquilo que realmente os interessa. São pessoas estudiosas e difíceis de se entender, o seu círculo de amizades aparentemente é grande, no íntimo é bem pequeno e seleto. Eles escolhem bem. São pessoas dadas às pesquisas, aos estudos. São aqueles que aprendem mais depressa, face ao seu poder de entendimento das coisas; são atenciosos e sensatos. 
 
 
Conseguem com incrível facilidade desenvolver qualquer tipo de trabalho, principalmente aqueles voltados às pesquisas.  São realistas, são pessoas bem realistas e rápidas no seu raciocínio e são mais apaixonadas pelo seu próprio trabalho que quaisquer outras coisas, amantes esporádicos, pois aparentemente conseguem viver um longo tempo sem sexo, mas quando estão dispostos levam a sério.
 
 
Os lados positivos dos filhos de Dan simbolizados numa cobra, assim são também aqueles regidos por ele. O lado negativo dessas pessoas é o fato de quererem impor suas idéias e personalidade o que acaba provocando muitos atritos em família. São perigosos, traiçoeiros e altamente rancorosos, normalmente são bastante ciumentos e egoístas, e exigem muito dos outros. Se estiverem de bem com alguém, são amigos, mas se de alguma forma são contrariados tornam-se amargos e antipáticos, chegam mesmo a ser ríspidos e desagradáveis. Tem tendências suicidas. 
 
 
Apreciam e conhecem jóias, bons tecidos, automóveis, bebidas caras, bons restaurantes. Podem ser ótimos sacerdotes de qualquer religião, pois conseguem captar facilmente os sentimentos das pessoas.
Os que recebem a influência de Oxumarê são pessoas geniosas, de personalidade difícil de agradar. Não gostam muito de se mostrar, são cheios de mistérios em relação a sua vida particular. Mas fazem questão de demonstrar ao mundo o seu melhor, afinal, são ambiciosos e sabem onde desejam chegar. São prudentes em relação às pessoas e buscam ajudar o quanto podem, mas se sentirem que há falsidade no que lhe contam, caem fora sem dar maiores explicações. 
 
 
 
Costumam ser vítimas de intrigas, mas de uma maneira geral, sabem como lidar com isso. Sua vida amorosa é marcada por um grande mistério sempre. Algumas vezes parecem extremamente apaixonados por alguém, mas ao mesmo tempo, parece que essa pessoa é apenas uma amiga. Demora a revelar seus romances porque acredita que inveja e mau olhado são os grandes vilões que acabam com sua relação. Sabe como conquistar alguém, mas só se aproxima de pessoas interessantes e com condições financeiras boas. Não tem vergonha disso, pois acredita que só pode melhorar e crescer na vida com alguém maior que você. Até suas relações amorosas busca garantir o sucesso profissional. Namorar um regido de Oxumarê não é fácil, pois sua tendência para a infidelidade é grande. Todas às vezes que bate a insegurança ou o ciúme, acredita que não é amada (o) como deveria e acaba nos braços de outras pessoas sem arrependimentos.
 
 
 
No emprego, se destaca como poucos pelo seu dinamismo e sua grande inteligência. Também tem o dom de resolver problemas rápidos e de maneira simples. Dificilmente erra em suas análises, e quando erra, nunca é por inteiro. Tem muito talento para artes e pode se destacar ainda mais em profissões ligadas a artes, decoração, arquitetura e paisagismo. Trabalhar com o comércio também é sua área, mas precisa ser dona (o) do seu próprio negócio, pois possui talento para saber como tudo precisa ser arrumado e dirigido.
 
 
 
Na saúde, estão sempre tão ligados aos seus assuntos profissionais que se esquecem de cuidar da alimentação, o que geralmente faz com que sofram com anemias e doenças que aparecem devido a ela. Devem se alimentar de maneira mais disciplinada e com maior qualidade. Muito cuidado também com o estresse, pois ele costuma atacar seus órgãos reprodutores, trazendo problemas graves de infertilidade. Sair um pouco de casa sem desconfiar tanto das intenções das pessoas, com certeza fará muito bem para os filhos de Oxumarê.
 
 
Oxumarê tem seus filhos caracteristicamente que tende a renovação e a mudança. Periodicamente mudam tudo em sua vida de maneira radical. Mudam de casa, de amigos, de religião, de emprego, vivem rompendo com o passado, buscando novas alternativas para o futuro para cumprir o seu ciclo de vida mutável, incerto de substituição, inconstante. Normalmente são magros como as cobras, possuem olhos atentos, salientes, difíceis de encarar, mas não enxergam muito bem. São pessoas que se prendem a valores materiais e adoram ostentar suas riquezas. 
 
 
 
São orgulhosos e exibicionistas, mas também generosas e desprendidas. Quando se trata de ajudar alguém são os primeiros a chegar, extremamente ativas e ágeis estão sempre em movimento, estão sempre em ação, não podem parar. 
São pessoas pacientes, obstinadas na luta por seus objetivos e não medem sacrifício para alcançá-los.
A dualidade do Orixá também se manifesta em seus filhos, principalmente no que se refere às guinadas que dão em suas vidas, que chegam a ser de l80º, indo de um extremo a outro sem a menor dificuldade, mudam de repente da água para o vinho.

Previous Older Entries

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: