Pequeno Dicionário em Iorubá

A
ABADÔ———————————-MILHO
ABAN-MALU—————————VACA
ABAN———————————–PRATO
ABASSA——————————–TERREIRO DE ANGOLA
ABATÁ———————————CHINELO/SAPATO
ABÉBÉ———————————LEQUE DAS YABAS
ABI×———————————QUEM NÃO É INICIADO
ABÔ————————————-AMACI COM EJÉ
ABUKÓ———————————CABRITO/CABRA
ACOCI———————————-DINHEIRO
ACOFARI——————————-ATO DE RASPAR O IYAWÔ
ADAGA———————————ESPADA DOS ABORÓS
ADARUBÓW————————–VELHO/A
ADÊ————————————–COROA
ADÈ————————————–HOMOSSEXUAL
ADIÉ————————————GALINHA
ADJORY——————————-AJUNTÓ
AFÉFÉ———————————-VENTANIA/VENTO
AFOFY———————————MAU CHEIRO
AFEXO———————————MESMO QUE ITÁ
ÁGA————————————–CADEIRA
ÀGAMBÊ——————————POBREZA/SEM DINHEIRO
AGBÀDÁ——————————–É IGUAL BÀDÁ E KAFTÁ
AGBAMODA—————————FOLHA DA FORTUNA
AGBÁ———————————–VELHO/A
AGÔ YA——————————–LICENÇA CONCÊDIDA
AGÔ————————————-LICENÇA
AGUEDÉ——————————-BANANA
AGUNJE——————————-GARFO
AGUTAN——————————–CARNEIRO
AIYE————————————-TERRA
ÀJÁ—————————————CACHORRO
AJÁPÀ———————————-CÁGADO/TARTARUGA
AJEUNMAN—————————-AGRADECIMENTO
AJEUN———————————–OFERECENDO COMIDA
AKÀRÁ OMAN———————-PÃO
AKÀRÁ——————————–ACARAJÉ
AKÈTE———————————–CAMA
AKIKO———————————GALO/FRANGO
ALAGIBÉ——————————-BARRACÃO TERREIRO
ALAKÔRÔ—————————–TIPO DE UMA CORÔA / QUALIDADE DE OGUN
ALÁ————————————–PANO/COBERTURA
ALÉ————————————–NOITE
ALFANGE——————————ESPADA DAS YABAS
ALIB×——————————–POLÍCIA
AMACI———————————-ERVAS MACERADAS NA AGUÁ
AMADÊ———————————FILHO/CRIANÇA
AMAPÔ———————————VAGINA
APÁ————————————–LADO
APOLÓ———————————SAPO
APOTI———————————–BANQUINHO
ARA————————————–CORPO
ARÊRÊ———————————BRIGA/DISCUSSÃO
ARIOKÔ——————————–PESSOAL IRRACIONAL
ÀRÓ————————————–DOENÇA
ÀRÚN———————————–DOENÇA
ASÉ————————————–FORÇA
ASESE———————————–ATO FUNEBRE= AXÊXÊ
ASÓ DUNDUN————————ROUPA SUJA
ASÓ————————————–ROUPA
ATÁ————————————–PIMENTA
ATARÊ———————————-PIMENTA DA COSTA
ATIM————————————PEMBA PREPARADA
AURÊ———————————–CABRA/CABRITA
AYA————————————–ESPOSA
B
BA MI O—————————-ME AJUDE
BÁ MI SÉ É————————ME AJUDE
BABÁ KEKERÊ——————PAI PEQUENO
BABALAWÔ———————-SACERDOTE DE IFÁ
BABÁLORISÁ——————–PAI DE ORISÁ
BABÁ——————————-PAI
BACULANDÊ———————SEXO(ATO)
BÀDÁ——————————-VESTE AFRICANA(EBOMIS)
BAGÉ——————————-MESTRUAÇÃO
BAKO——————————-SEXO(ATO)
BALÉ/BALÍ————————CEMITÉRIO
BAMIRÊ—————————-CONVITE P/ CAFÉ(LANCHE)
BAMIREDÍ————————-AGRADECIMENTO
BANTÉ—————————–APETRECHO DA ROUPA DE XANGO
BARÁ——————————-EXÚ
BÊNI———————————SIM/ESTÁ CERTO
BERO LÓ————————–DANE-SE
BIY———————————–NASCER/NASCIDO
BONOTÓI————————-SILÊNCIO/CALE-SE
BORÍ——————————–COMIDA À CABEÇA
BUBURU—————————MAU
C
CANIKÊ——————————PÃO DURO/MÃO DE VACA
CÊLÉ———————————-LOUCO
CHAINAN—————————-FÓSFORO
CHERRIN—————————-O MESMO QUE DAMINOJÚ
COLORY—————————–PERTUBADO/LOUCO
D
DAMINOJU————————–VENHA AQUI
DÀRA———————————BOM
DEBURU—————————–PIPOCA
DEKÁ———————————-TRANSMISSÃO DE DIREITOS
DEVÓL——————————–LENÇOL
DICISA——————————–ESTEIRA
DIDÊ———————————–FICAR DE PÉ
DILONGA—————————-CANECA DE ÀGATA
DILONGÁ—————————-PRATO DE ÀGATA
DOBALÊ——————————REFERÊNCIA DE ORISA MASC.
DUNDUN—————————–PRETO/SUJO/ESCURO
E
EBITA————————————PODEROSO
EBÔ————————————–CANJICA
EBÓ————————————–LIMPEZA DE CORPO
EBÔMI———————————PESSOAS COM DEKÁ ARRIADO
ECURU———————————BOLINHO DE FAR. (EGUN)
EDÍ————————————–NÁDEGAS
ÉDU—————————————CARVÃO
EDUN-ARÁ——————————PEDRA DE RAIO
EFUM———————————–FARINHA
ÈGBÉ————————————-SOCIEDADE/COMUNIDADE
EGÍ—————————————-LIMPEZA/LIMPO
ÊGUI————————————-CARVÃO
EGÚN———————————–ALMA
EJÁ—————————————PEIXE
EJÉ—————————————SANGUE
EJÍ—————————————–LIMPO/LIMPEZA
EKÓ————————————-ACAÇA
ÈKÚ—————————————PREA
ELEDÁ———————————ANJO DA GUARDA
ELEGBÓ———————————SENHOR DO EBÓ
ELEGUN———————————INICIADO NO CULTO
ELEYÉ————————————PASSÁRO
ENIM———————————–ESTEIRA
ENUN————————————-BOCA
EPÁ————————————ESPADA
EPE ENUN——————————-LÍNGUÁ
ÊPÔ FUNFUN————————AZEITE DE OLIVA
ÊPÔ————————————-AZEITE DE DENDÊ
ER×———————————-CARNE
ERAN-PETERÉ————————CARNE FRESCA
ERAN-POLU—————————CARNE SECA
ÊREFUN——————————-AREIA
ERÓ————————————–SEGREDO
ESÉ————————————–PÉ
ETUN———————————–GALINHA D`ANGOLA
EWA————————————–FEIJÃO
EWÉ————————————–FOLHA
ÊXI—————————————-CAVALO
F
FATOLU——————————–FALSO/TRAIDOR
FIBÔ————————————–ESCONDER
FILÁ————————————-GORRO DE CABEÇA
FUÁ————————————–DANÇA
FUNDANGA—————————POLVORA
FUNFUN——————————–BRANCO/CLARO/LIMPO
FURÁ————————————BOLINHO DE FAR. DE MILHO
FUXICO———————————FOFOCA/SEGREDO
G
GIBON×——————————PAI/MÃE CRIADEIRA
GINKA———————————–MOVIMENTO DO ORISA
I
IGBÁ——————————————SAUDAÇÃO/EU TE SAUDO
IBIPÂMIO———————————FOME
ID×————————————–COBRA
IDÉ—————————————-PULSEIRA
IDÓ—————————————BANHEIRO
IFÉ—————————————–AMOR
IGBÁ—————————————-ASSENTAMENTO DO ORISÁ
IGBÍ—————————————CARACOL
IGBÔ—————————————BOSQUE SAGRADO
IGÉ—————————————–ÁRVORE
IGÔ—————————————DIA
IGUI—————————————–PORQUINHO DA INDIA
IJÔ——————————————-DANÇA
IKAN—————————————-CONTREGUN
IKÁ—————————————-REFÊRENCIA DE ORIXÁ FEM.
IKOKO————————————-PANELA
IKU——————————————MORTE
IKUN—————————————-RATO
ILÁ—————————————GRITO DO ORISA
ILE KUN———————————-PORTA
ILÊ-AJEUN———————————COZINHA
ILÊ—————————————-CASA
ILÉKÉ—————————————FIO DE CONTAS
ILÉ—————————————POMBO
ILE—————————————-TERRA
ILU——————————————CIDADE
IN×————————————FOGO
INDACA————————————LÍNGUA
INHA————————————-FIO DE CONTA
INSSABA———————————-FOLHA
INTABA DUNGIRO——————-MACONHA
INTABA———————————-CIGARRO
IÓ—————————————–SAL
IPAKÓ————————————–NUCA
IRAÊ—————————————-ESTRELA
IRILÉ————————————POMBO
ISU——————————————INHAME
ITÁ——————————————-ATO DE FAZER O CARREGO DO IYAWÔ
IYÁ KEKERÊ——————————MÃE PEQUENA
IYALODÊ———————————-SENHORA DAMA
IYÁLORISÁ——————————-MÃE DE ORISÁ
ÌYÁ——————————————MÃE
IYAWO————————————-INICIADO NO CULTO COM MENOS DE SETE ANOS
IZALA————————————–FOME
IZO—————————————FOGO
J
JÉ——————————————–COMER
JOKÔ—————————————SENTAR/AJOELHAR
JUNTÓ————————————-SEGUNDO STO. DO ORI
JUREMA———————————–BEBIDA DE CABOCLO
K
KAFTÁ————————————-VESTE AFRICANA(EBOMIS)
KALÓ————————————–BANHO NO EFON
KAROKÊ MIM—————————SIM PODE ENTRAR
KAROKÊ———————————-POSSO ENTRAR
KAWÔ KABIECILÊ———————VENHA VER O REI DESCER SOBRE A TERRA
KELÊ—————————————GRAVATA DO INICIADO
KETE KETE——————————BURRO
KILEUI————————————O QUE É ISSO
KILORI————————————O QUE HÁ NA CABEÇA
KILOXÉ———————————–O QUE QUER
KIYWSI————————————ATENÇÃO
KUFAR————————————MORRER
M
MABÍNU——————————–PERDÃO
MAIONGA——————————BANHO(ANGOLA)
MALU————————————BOI
MARUÔ———————————FOLHA DE DENDEZEIRO
MATABULÊ—————————-PESSOA SURDA(ANGOLA)
MATIN———————————–PEQUENO/POBRE/SEM GRAÇA
MI—————————————–MEU
MITORÓ——————————–EKÓ DISSOLVIDO EM AMACI
MOGÉ———————————–O QUE É(FEM)
MOILA———————————–VELA
MOJÚBÀ——————————–SEJA BEM VINDO
MONA————————————MULHER
MONA-OCÓ—————————-SAPATÃO
MÒSÍ————————————-POBREZA
MUKUN×—————————-CABELO(ANGOLA)
MUTUMBÁ ASÉ———————-RESPOSTA DO MUTUMBÁ
MUTUMBÁ—————————–PEDIDO DE BENÇÃO
MUZENZA——————————DANÇA NO ANGOLA
N
NIBO————————————-ONDE
NITORIPE——————————PORQUE
O
OBALUAYE————————–REI E SENHOR DA TERRA
OBANLA——————————-GRANDE PAI
OBÁ————————————REI
OBÉ FARÁ—————————–TRIDENTE DE ESÚ
OBÉ FARIN—————————-NAVALHA
OBÉ TÔTÔ—————————–TESOURA
OBÉ————————————–FACA
OBÌNRIN——————————-MULHER
OBÓ————————————–NADEGAS
ODARA——————————–BONITO LINDO
ODÉ————————————-CAÇADOR/OSOOSI
ODIDÉ———————————PAPAGAIO
ODÓ————————————–PILÃO
ODÔ————————————-RIO
ODU————————————-DESTINO
ODÙNDUN—————————-FOLHA DA COSTA
OFÓ————————————–PERDA
OGBON———————————SABEDORIA
OGUÉ————————————CHIFRE
OIN—————————————MEL
OJÁ—————————————PANO DE CABEÇA
OJÔ————————————–CHUVA
ÒJÒ————————————–DANÇAR
OJO————————————–DIA
OJÒWÚ———————————CIUMENTO/A
OJU————————————–OLHO
OJURAN——————————-SONHO/VISÃO
OKAN———————————–CORAÇÃO
OKANI———————————–PÊNIS
OKÓ————————————MARIDO
OKU————————————CADÁVER
OKUM———————————–MAR
OKÙNRIN——————————HOMEN
OKUTÁ——————————–PEDRA
OLEGARÁ—————————–LADRÃO
OLOBÉ———————————SENHOR DA FACA
ÒLÓDUMARÉ———————–DEUS SUPREMO
OLÔFU———————————-GATO
OLOKUN——————————DEUS DO MAR
OLON×—————————–SENHOR DO CAMINHO
OLOROGUN—————————CONFUSÃO/ATRITO/FOFOCA
OLORUM——————————SENHOR DO CÉU
OLUWÁ——————————–SENHOR
OMIERÓ——————————–AMACI
OMIN DUNDUN———————-CAFÉ
OMIN————————————ÁGUA
OMO———————————–FILHO
OMOLU——————————- FILHO DO SENHOR
OMORISÁ——————————FILHO DE ORISÁ
ON×———————————-CAMINHO
ONIFÁ———————————-ADORADOR DE IFÁ
ONI————————————–HOJE
ONI————————————-REI/SENHOR
ONI-SEGUN————————–MÉDICO
OPÁ————————————–MÃO
ORIKÍ————————————SAUDAÇÃO A CABEÇA(REZA)
ORIN ———————————-CANTIGA
ORISÁ———————————–DIVINDADE DA NATUREZA
ORITÁ———————————ENCRUZA DE 3 PONTAS
ORO————————————FORÇA
ORÔ————————————RIQUEZA
ORUKÓ———————————NOME
ORUN———————————-SOL/ CÉU
ORUPIN———————————CABELO
OSÁ————————————-LAGOA
OSÍ—————————————DIREITO
OSÓ————————————-FEITIÇO/FEITICEIRO
OSUN————————————SEMENTE
OSUPÁ———————————LUA
OTÁ————————————PEDRA/BRIGA
OTIM————————————PINGA
OTINIMBÉ—————————–CERVEJA
OTUN————————————ESQUERDO
OUBERIM—————————–MULHER
OUFITILÉ—————————–OUVIDO
OWÓ————————————-DINHEIRO
OWÓ————————————MÃO
OWÒ————————————-MÃO
OWÙ————————————-CIUMES
OXÉ————————————-MACHADA DUPLA SÀNGÓ
P
PADÊ————————————COMIDA DE ESÚ
PALEÓ———————————-BANHO
PAÓ————————————–PALMAS RITMICAS
PEPEYÉ———————————PATO
PEREGUN——————————EWÉ LA OGUN
PETITI———————————–PEQUENO
POJU————————————-MAIS
POMBO-GIRA————————-EXÚ FÊMEA
R
RONCÓ———————————QUARTO DE CLAUSURA
S
SABAGI——————————–QUARTO QUE ANTECEDE O RNCÓ
SAKOTO——————————-ORGULHOSO
SÁORO———————————GUIZO P/ OS PÉS
SIBÍ————————————–COLHER
SIRRUN——————————–ATO FUNEBRE(TOMAR O OSU E DESPACHAR O SANTO)
SOKOTÓ——————————-CUECA/CALÇA/CALCINHA
T
TÁBULÁ NO EFON—————-DANE-SE
TATETO——————————TÍTULO DE ANGOLA
TÔLORÔ—————————–AMASSAR QUINAR
TÔTÔ FUN—————————PUTA QUE PARIL
TUTU———————————-FRESCA
U
UNJE———————————–COMIDA
UNTÓ———————————-ATO QUE ANTECEDE O ACOFARI
TRADUÇÕES DIVERSAS:
ADÊ——————————–CORÔA USADA PELAS IYABÁS
ABÉBÉ—————————–LEQUE USADO PELAS IYABÁS
ALFANGE————————ESPADA USADA PELAS IYABÁS
ADAGA—————————ESPADA USADA POR ABORÓS(ESPADA DE PEQUENO PORTE)
ERUKÊRÊ————————ABANO DE OXOSSI E LOGUN
IBIRIN—————————–INTUMENTO DE NANÃ
ERUESIN————————-RABO DE CAVALO USADO POR OYA
OFÁ——————————–ARCO E FLEXA(INSTRUMENTO DE CAÇA)
OS É——————————–MACHADO DE DOIS GUMES DE S ANGO
OGUÉ—————————–CHIFRES
OGÓ——————————-BASTÃO DE EXÚ COM FORMATO DE PÊNIS
OBÉ FARÁ———————–TRIDENTE DE EXÚ
OPÁ S ORÔ———————–CAJADO ONDE OS ÀLÚFON SE APOIA
S AS ARÁ————————–BASTÃO DE OMOLU(É A EXPANÇÃO E A CURA DAS DOENÇAS)
BUZIO (CAURI)—————————–CONCHA AFRICANA
CHORÃO————————-FIO DE CONTAS QUE SE USA NA FRENTE DO ADÊ
ES Í LOKUM————————CAVALO MARINHO
NUMERAÇÃO ORDINAL:
PRIMEIRO———————-IKINI
SEGUNDO———————-EKEJI
TERCEIRO———————EKETÁ
QUARTO————————EKERIN
QUINTO————————-EKARUN
SEXTO—————————EKEFÁ
SÉTIMO————————–EKEJE
OITAVO————————–EKEJÓ
NONO—————————–EKESÁN
DÉCIMO————————–EKEUÁ
PRONOMES:
EU———————————–EMI
TU———————————–IWO
ELE———————————-OUN
NÓS———————————AUÁ
VÓS———————————EUYIN
MEU/MINHA———————-MI
TEU/TUA————————–TIRÉ
SEU/DELE/DELA—————-TIRE
NOSSO—————————–TIWA
DELES/DELAS——————-TIWON
TRADUÇÃO – ANIMAIS:
ÀJÁ———————————-CACHORRO
AJAPÁ——————————CÁGADO/TARTARUGA
AGUTAN—————————CARNEIRO
ABUKO—————————–CABRITO
AURÊ——————————–CABRA
AKIKO——————————FRANGO/GALO
ADIÉ———————————GALINHA
APOLÓ——————————SAPO
ABABÓ——————————GALINHA VERMELHA/CARIJÓ
ETUN /KONKÉN——————GALINHA D’ANGOLA
EJÁ————————————PEIXE
EKU———————————–PREÁ
ELÉDI——————————–PORCO
EIKOICI——————————VEADO
GODÔPÉ—————————-CABRA/CABRITO
ILÉ————————————POMBO
IRILÉ———————————POMBO
ID×——————————–COBRA
IGBY———————————CARACOL
IGUI———————————-PORQUINHO DA INDIA
KONKÉN—————————-GALINHA D’ANGOLA
LEKE LEKE————————GARÇA
LABA LABA———————–BORBOLETA
MALU——————————-BOI
ABAN-MALU———————-VACA
ODIDÉ——————————PAPAGAIO
ODÁ———————————BODE CASTRADO
PEPÉYE—————————–PATO
ÊS Í———————————–CAVALO
ES Í OKUM————————-CAVALO MARINHO

A Casa e o Porão – Palavras de Zé Pilintra

 

 A vida da gente é feito uma casa bem grande, repartida em vários cômodos…

Tem a sala, onde a gente se reúne com a família e os amigos pra uma conversa boa, regada a um café cheiroso… 

Tem a cozinha, onde acontece a alquimia da preparação dos alimentos… 

Tem a lavanderia, onde a água e o sabão cheiroso fazem a higiene das nossas roupas e preparam a limpeza geral do ambiente… 

Tem a varanda que dá para o quintal, onde a gente pode sentar e esticar as pernas num banquinho pra ter mais conforto, e olhar o céu, pegar um pouco de sol, e refrescar as idéias… 

Tem o banheiro, onde higienizamos o corpo e colaboramos com a Mãe-Natureza na tarefa constante da purificação e equilíbrio das nossas energias…

Tem os quartos, onde o nosso corpo repousa, renovando nossas forças…  E tem sempre um canto mais escondido, talvez um porão, onde se guardam as lembranças e às vezes até algumas tralhas sem mais utilidade… 

Enfim, cada espaço da casa tem seu uso e sua serventia.   Quem se ocupa em ser feliz fica mais tempo nos lugares de ocupação, de higiene, de lazer e de descanso: a cozinha, a lavanderia, o banheiro, a sala e os quartos.  Já quem alimenta muita insatisfação visita mais o porão, revivendo o passado, preso a lembranças, ou então acumulando tralhas… Na vida da gente também é assim.

Muitas vezes, ficamos tempo demais “no porão”, no cantinho das lembranças… Mas a vida acontece agora, neste minuto, no tempo de hoje. Então, é no agora que precisamos estar! É certo que a gente precisa de um tempo pra organizar as idéias. Separar o que se usa com frequência daquilo que só de vez em quando vamos precisar, e deixar cada coisa arrumada no lugar certo.

E o porão vai servir pra guardar o que se usa menos, mas que ainda tem serventia. Contudo, na maior parte do tempo precisamos estar em outros cômodos: para nos alimentar e nos higienizar, para entrar em contato com as outras pessoas, doar o que temos de melhor em nosso coração e receber delas algo que nos faça bem, ou então para descansar das tarefas do dia.

Passar mais tempo “no porão” é fugir da vida, é negar a realidade. É perda de tempo… Reencarnar é uma oportunidade valiosa! Reencarnamos para evoluir. Evoluímos por aprender. E aprendemos no contato com os outros, nas experiências diárias de erro e acerto que a vida nos proporciona. Nas dificuldades comuns dos relacionamentos é que aprendemos a desenvolver as qualidades da compaixão, da paciência, do entendimento e do perdão.

Não mudamos o outro, mas aprendemos a fortalecer o nosso caráter, aprimorando nossa personalidade com as forças que trazemos na alma. Aprendemos que a vida não é um terreno para disputas, mas sim um campo fértil onde as nossas virtudes podem crescer e nos levar adiante, numa rota de evolução e de paz interna. Fugir do contato com os outros não traz benefício algum para a nossa alma e nem para o nosso corpo.

O físico reflete as dores da alma e adoece quando ela está enferma. O ressentimento, a mágoa, a tristeza acumulada, tudo isso acaba por acarretar doenças físicas. O nosso coração não foi feito para ser “um porão” de coisas velhas e inúteis…

O centro do coração é a ponte que nos liga ao Eterno, ele é feito um “guichê” de entrada para a Casa da Luz Celestial. Por intermédio da pureza do nosso coração é que nós recebemos toda a Pureza do Amor de Deus. Ele funciona como a nossa porta de contato com uma corrente de Energia da mais alta qualidade e que vai nos alimentar e revigorar continuamente.

Pela harmonia dos sentimentos e emoções que carregamos em nosso coração é que nós podemos ser revigorados pelo Bem Maior que vem de Deus. E é este Bem que nos preserva e que nos salva, livrando-nos de todas as maldades. Por isso, precisamos manter em ordem e harmonia o nosso coração, livre dos ressentimentos, das mágoas, rancores e tristezas.

Não use o seu coração como “um porão” de coisas velhas e inúteis, livre-se agora mesmo de viver na escuridão… Faça por viver a sua vida com plenitude.  Saia desse canto escuro, onde você tem vivido isolado e triste! Abra-se para conviver fraternamente com os outros e consigo mesmo. Esqueça que errou e esqueça os que erraram com você. Viva o hoje, o agora! Visite todos os cômodos da sua casa interna, abra-se para viver a vida de forma integral. Renove-se, recomece! Se o seu coração anda amargurado, tome alguma providência imediata pra mudar isso hoje mesmo!

Posso lhe dar umas “receitas”: ]

Acenda uma vela rosa e uma vela verde, fazendo uma oração sincera pela cura dessa situação e firmando o propósito de perdoar e recomeçar. Quando as velas queimarem, prepare um banho de alecrim, fazendo uma oração para ter alegria e entusiasmo pela vida. Tome esse banho da cabeça aos pés― ou então do ombro pra baixo, conforme a sua crença pessoal. Deixe passar três dias. No quarto dia, prepare um punhadinho de pó de pemba rosa e verde, fazendo uma oração pela cura das suas emoções e sentimentos. Misture os dois pós e aplique na área do coração, com a mão direita e em movimento circular, no sentido horário (dos ponteiros do relógio). Se preferir, pode usar noz-moscada ralada, substituindo os pós, com a mesma finalidade. Depois dessa limpeza e renovação, você também pode carregar junto ao corpo uma pedrinha verde e uma cor-de-rosa.

Primeiro, lave as pedras em água corrente, pedindo a Deus e aos Orixás que elas lhe tragam equilíbrio e saúde emocional e física. Segure as pedras com as duas mãos, pedindo mentalmente que elas lhe transmitam as Energias do Amor Divino que tudo cura. Carregue-as no bolso ou de algum modo junto ao corpo, durante 7 dias. Depois desse tempo, lave-as de novo e repita a oração, antes de reutilizá-las. Repita esse procedimento pelo tempo que quiser e sentir necessidade. Conforme for se acalmando, poderá espaçar o tempo de limpeza das pedras (14 dias, 21, 28). Cuide-se bem. Tenha amor por si mesmo e pela sua vida. Olhe pra si mesmo e pra todas as pessoas como filhos de Deus.

Aceite a sua vida do jeito que ela tem sido.

Não perca tempo com revoltas…

Mas faça por melhorar aquilo que lhe parece necessário!

Lembre-se: na Roma antiga, a morte na cruz era reservada para aqueles considerados criminosos contra o poder estabelecido. Mas o Mestre Jesus transformou-a num símbolo de superação e libertação…

Compreenda que todos nós temos estamos aqui para aprender e que estamos sujeitos a falhas.

Aprenda a superar as dificuldades.

Trabalhe um dia de cada vez, organizando a sua casa interna.

Faça disso um hábito.

E fique na Paz!hospedagem de sites terra

Palavras de Vô Bento

 – Filhos, ouçam todos e me digam o que é preciso para ser um médium.

 

– Ah, Vô, é preciso ter disciplina, dedicação, estudo ….

 

– Não filhos, para ser médium não precisa de nada disso, ser médium é fácil, todos que passaram hoje por assistência são médiuns como vocês e para isso nada é exigido. O difícil é ser INSTRUMENTO DE DEUS e é isso que vocês precisam ser, se realmente querem evoluir e fazer o bem.

 

E agora, o que é preciso para ser um bom Instrumento de Deus?

 

…silêncio…

 

– Só precisa ter um CORAÇÃO LEVE, um coração cheio de AMOR pela Espiritualidade e não interesse perante ela. Olhem para dentro de vocês e observem qual é o tipo de amor que vocês têm perante a Espiritualidade. Observem qual é o lado do muro em que vocês estão agora, no lado da troca, onde se espera receber ‘também’, ou no lado do amor, onde se é capaz somente de ‘dar’.

 

Saibam que é do lado do amor é que estão os verdadeiros Instrumentos de Deus.

Observem agora, filhos, se vocês estão pulando de um lado para o outro do muro. E o que é pior, observem se vocês não estão em cima do muro prestes a cair ou quem sabe já caíram e não se deram conta, tentando até derrubar seus outros irmãos.

 

Filhos entendam, é através do amor que tudo acontece, é através do amor que vocês ficam receptivos às forças Espirituais Divinas e só assim conseguem receber tudo de Divino.

 

Quanto a dedicação, o estudo e a disciplina, quando há amor todas essas necessidades se tornam naturais e fáceis de serem cumpridas, pois nos dedicamos a tudo que amamos não é verdade?! Então tudo se transforma em “uma grande alegria”.

 

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: