As Ervas Sagradas

banho-de-ervas-frescas[1]

Apesar do axé de todas as folhas pertencer a Ossaim, todos os Orixás possuem suas próprias folhas. Existem folhas mornas, quentes e frias. Algumas folhas só são recomendadas para feitiços e cada tipo de folha pode pertencer a mais de um Orixá.

 

As folhas são divididas por elementos:

Ewé Aféefé – folhas de ar

Ewé Inón – folhas de fogo

Ewé Omin – folhas de água

Ewé Ilé ou Igbó – folhas de terra

 

 

As ervas podem ser quentes, mornas ou frias.

 

Ervas Quentes ou Agressivas: – São ervas que tem a capacidade de dissolver as larvas astrais, miasmas e cascões energéticos. A atuação dessas ervas é semelhante a de um ácido, que possui um alto poder de limpeza. Servem para  limpar, consumir, purificar, dissolver, descarregar. Algumas ervas quentes: erva de bicho, guiné, peregum roxo, arruda, aroeira, jurema preta, pinhão roxo, bambu, quebra demanda, espada de São Jorge, fumo, casca de alho, casca de cebola, entre outras.

Ervas Mornas ou Equilibradoras: – Esse tipo de ervas tem a propriedade de equilibrar e restaurar nosso corpo energético quando da utilização de ervas quentes. Esse tipo de ervas pode ser utilizado diariamente sem restrições. Servem para equilibrar, manter, adequar, fluir, restaurar, energizar. Algumas ervas mornas: sálvia, alfavaca, alfazema, cana do brejo, erva de Santa Maria, manjericão, verbena, alecrim, manjerona, hortelã, calêndula (flor), camomila (flor), cipó de caboclo, umbaúba, angico, entre outras.

Ervas Frias ou Específicas: – Ervas frias são as ervas de uso específico, são usadas para mediunidade, para atrair bons fluidos, para prosperidade, para fitoterapia, etc. Algumas ervas frias: macela (flor), algodoeiro, anis estrelado, jasmim, louro, noz moscada, losna, angélica, sândalo, erva de Santa Luzia, mil folhas, pichuri, imburana (semente), entre outras.

As ervas podem entrar em quente, morna ou fria, pois elas nunca se anulam e sim se completam, pois carrega mais de um fator realizador. Mas nunca esquecendo de uma simples palavra “Intenção”.

Abaixo estão relacionadas as ervas mais conhecidas e usadas  para banhos e outras finalidades.

Oxalá – Boldo ou Tapete de Oxalá; Saião ou Folha da Costa ; Manjericão ou Alfavaca Branca ; Sândalo; Patchuli; Colônia; Alfazema; Algodoeiro; Capim Limão; Girassol; Maracujá; Jasmim; Erva Cidreira, Oripepê, Lágrima de Nossa Senhora,  Alecrim, Beti cheiroso, Fruta pão, Sálvia, Erva doce, Lírio branco,  Maria sem vergonha branca, Malva branca, etc.

Xangô – Levante ou Elevante; Quebra-Pedra; Fortuna ; Erva Lírio; Pata de Vaca; Pára-Raio; Gervão Roxo; Manjericão Branco; Erva de Santa Maria; Malva Branca; Sucupira; Limoeiro; Café; Alecrim do Mato, Xanan (aipim ou carurú sem espinho – para Barú), Erva Tostão, Gerânio cheiroso, Capim fino, Orobô, Urucum, Castanha do Pará, Manjerona, Negra-mina, Lírio vermelho, Kitoko, Cipó milomi, Panacéia, etc.
Ogum – Espada de São Jorge; Peregum Folhas Amarelas e Verdes; São Gonçalinho; Aroeira; Vence-Demanda ou Vence tudo; Comigo-Ninguém-Pode; Romã; Jurubeba; Mangueira (principalmente espada); Pinheiro; Goiabeira; Abacateiro; Canela, Akokô, Milho, Abre caminho, Dendezeiro ou mariwô, Folhas de inhame cará, Dandá da costa (capim e raiz), Peregum Verde, Cordão de frade, Eucalipto, Losna, etc.
Obaluaiê (Omulu) – Hera; Canela de Velho; Assa-Peixe; Erva-de-Passarinho; Levante ou Elevante; Jurubeba; Manjericão Roxo; Camomila; Babosa; Mamona Branca; Aroeira; Jamelão; Carnaúba, Pata de vaca branca, Erva passarinho, Sete sangrias, Melão de São Caetano, Quebra pedra, Barba de velho, Vassourinha, Erva de bicho, Erva de Santa Maria, Crisântemo, Cana do brejo,  Cipó cabeludo, Confrei, etc.
Iemanjá – Manjericão; Colônia; Saião; Levante; Jasmim; Malva Rosa; Lágrimas de Nossa Senhora; Pata de Vaca; Parreira; Camomila ou Macela; Poejo; Trevo; Violeta; Boldo; Alaga Marinha; Gerânio, Lírio do brejo, Malva branca, Árvore da felicidade (lamacimalé), Agrião d’água, Rosa branca, Vassourinha, Araçá da praia, Papiroba, Mostarda, Erva da jurema,  Beti branco, Beti cheiroso, Maricotinha, Melão d’água, Melancia, uva, Umbaúba branca, algas, etc. 
Oxóssi –  Alecrim do Campo; Peregun Verde; Mangueira; Chapéu de Coro; Abre Caminho; Vence-Demandas; Jureminha; Erva Doce; Pitangueira; Romã; Sabugueiro; Malva Rosa; Levante; Capim Limão; Violeta, Folhas de milho, Folhas de coqueiro, Pinhão branco, Guiné, Guiné pipiu, Guapo, Alfavaca, Jurubeba, Carqueja, etc.
Nanã – Erva Quaresma; Manjericão; Agoniada; Mostarda; Agrião; Bertalha; Espinafre; Hortênsia; Cedinho; Erva-Cidreira; Camomila; Berinjela; Erva-Mate; Avenca; Jaqueira; Cavalinha, Para de vaca branca, rosa ou lilás, Taioba, Arnica do campo, Viuvinha, Cana do brejo, Cipó milomi, Avenca, Broto de feijão, Mãe boa, Erva passarinho, Manacá, Quaresmeira, Azedinha do brejo, etc.
Oxum – Jasmim; Erva -Cidreira; Colônia; Agoniada; Camomila; Lágrimas de Nossa Senhora; Erva Doce; Lírio Amarelo; Mamão; Boldo; Bem me quer, Cana de jardim, Vitória-régia;Gengibre;Melancia;Agrião; Melão; Coentro; Celidônia, Erva doce, Erva de Santa luzia, Erva vintém, Girassol (pétalas), Macacá ou Catinga de Mulata, Flor de laranjeira, Malva branca, Dinheiro em penca, Trevo de quatro folhas,  Alface, Flor de ouro, Poejo, Dólar, Melissa, Oriri, Jambeiro rosa, etc.
Iansã – Pára-Raio; Dormideira; Erva Santa Bárbara; Cana do Brejo; Erva Prata; Gervão Roxo; Anil.; Violeta; Losna; Arruda; Orquídea; Mal-me-quer; Alfazema; Anil; Cipó Azougue; Alfazema de Caboclo, Mutamba, Espada de Santa Bárbara,  Para-raio, Cinco chagas, Erva santa, Malva rosa, Negra-mina, Canela de macaco, Parietária, Gerânio cheiroso, Bambú (folhas), Aroeira, Peregum rajado, Amora, Taioba branca, Língua de vaca, Parietária, Mutamba, Maracujá, etc.
Ibeji – Amoreira; Anil; Alfazema; Abre-Caminhos; Parreira; Colônia; Erva-Cidreira; Pitangueira; Camomila; Erva Doce; Cajá; Morango; Capim Limão; Lírio; Benjoim; Tangerina; Fruta de Conde; Hortelão, Sapoti, Flamboyant, Quiabo, Maracujá, Araruta, Poejo, Maracujá, Uva.
Exú – Vassourinha; Fumo; Babosa; Tiririca; Bananeira; Pinhão Roxo; Picão, Erva do diabo, Vence-Demandas; Comigo-Ninguém-Pode; Jurubeba; Urtiga; Amendoeira; Mastruz, Bredo com espinho, Arrebenta cavalo, Cambará, Aroeira vermelha, Figueira do inferno, Tiririca, Carrapicho, Arruda, Olho de gato, Folha de fogo, Erva grossa, Cacto, Barba de diabo, Garra de exú, Unha de pombo gira, Jamelão, Hortelã pimenta, Corredeira, Coroa de cristo,  Mamona vermelha, Dormideira, Mandacaru, Pau d’alho, Bico de papagaio, Mastruz, Palmatória de exu, etc.
Ossaim – Apesar de todas as folhas pertencerem a Ossaim, as folhas de fundamento de uso mais comum são: Baunilha de nicuri ou nicurizeiro, Tira teima, Umbaúba branca, Aroeira, Akokô, Cipó Milomi ou Jarrinha, Balainho de velho, Aridan (folhas e favas), Pimenta da costa, Cipó chumbo, Bejerecum (folhas e favas), Erva pombinho, Erva vintém, Hibisco vermelho, Pitangueira, Peregum (verde ou rajado), Erva pita, Jureminha, Cacau, Café, Losna, Olho de boi, Erva andorinha, Beldroega, Louro, Alecrim, Folhas de fumo, Alfavaquinha, Folhas de ficus, Barba de São Pedro, etc.
Oxumarê – Erva passarinho, Folha da riqueza (fortuna ou dólar ou dinheiro em penca), Jibóia, Folhas de batata doce, Maria preta, Vitória-régia, Melão de São Caetano, Mutamba, Coqueiro de Vênus, Tomateiro, Trancinha de Oxumarê, Samambaia de poço ou pente de cobra, Folhas trepadeiras, etc.
Iroko – Gameleira branca ou Iroko, Abiu, Barba de velho, Cajueiro, Jaqueira, Graviola, Folhas de fruta pão, Árvores centenárias de grande porte, Castanha do Pará, Cipó, Erva pita, etc.
Logum Edé – Combinação das folhas de Oxóssi e Oxum (verificar os caminhos para haver o equilíbrio) + Coqueiro de Vênus, Chifre de veado, Comigo ninguém pode, Peregum rajado, etc.
Ewá – Maravilha, Batata de purga, Cana de jardim ou Bananeira de jardim, Oxibatá lilás, Tomateiro, Dormideira, etc.
Obá – Vitória-régia, Oxibatá vermelho, Tangerina, Rosa vermelha, etc.
Anúncios

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: