Pedra Esmeralda

A Esmeralda vem da família do Berilo (a qual nos dá também a Água-Marinha) e é encontrada em tons de verde, variando do muito claro ao muito escuro. Apesar de sua origem não comprovada, a Esmeralda é uma importante pedra para todos aqueles que trabalham com ciência ou cura.
Ela provê inspiração e ajuda àqueles que necessitam de equilíbrio, cura e paciência infinita. Uma Esmeralda propicia ao usuário equilíbrio físico, emocional e mental. Uma pedra de inspiração e relaxamento, ela pode ser usada por qualquer pessoa sem efeitos danosos.
As Esmeraldas pálidas e transparentes têm valor em trabalhos meditativos assim como em curas. Alguns livros sugerem que a Esmeralda reforça os ossos das costas e alivia problemas de açúcar para os diabéticos. Apesar da Esmeralda ser muitas vezes combinada com outras pedras em joias, ela funciona melhor quando sozinha ou quando combinada com um Brilhante (Diamante Lapidado). É uma das poucas pedras preciosas que pode ser imperfeita e mesmo assim reter seu valor aos olhos dos apreciadores.
A Esmeralda dá sabedoria no plano mental, de modo que seu possuidor é motivado a dar amor e sapiência a outros. Como joia, a Esmeralda deve ser usada no dedo mínimo ou no anelar, num pingente sobre o centro do coração (no meio do peito), em uma pulseira no braço direito, entretanto não deve ser usada constantemente, apenas quando a pessoa sentir necessidade.
O campo de força dessa pedra é diferente em seu estado virgem do que quando ela é facetada para refletir a luz. Há uma exceção, a variedade opaca (a qual não deve ser usada para harmonizar a mente ou a emoção). Um desenho lapidado na superfície de uma Esmeralda envia pontos de energia a áreas específicas de referência que diferem de acordo com o símbolo inscrito. Ela manifestará a essência do símbolo no éter e emitirá suas emanações e contribuições.
As de cor verde clara são valiosas para meditação. As Esmeraldas são de especial valia para os atletas, quiropráticos, conferencistas, conselheiros matrimoniais, massagistas, optometristas, pessoas que trabalham em áreas radioativas ou em ambientes fechados. Uma Esmeralda melhora a capacidade psíquica, aumenta a consciência e ajuda o indivíduo a adquirir equilíbrio, além de reforçar o sistema imunológico.
Acreditava-se que as Esmeraldas serviam para adivinhar eventos futuros, mas não sabemos se as visões eram realmente observadas na pedra, como são em esferas de cristal ou Berilo, ou se uma Esmeralda dotava o usuário de conhecimentos sobrenaturais sobre o futuro. Como uma inimiga de todos os encantamentos e conjurações, as Esmeraldas eram temidas pelos mágicos, que não se consideravam aptos a atuar se uma pedra estivesse nas proximidades.
As Esmeraldas eram usadas para melhorar a memória, ajudar a eloquência e revelar a verdade ou a mentira das juras de amor (apesar de serem vistas como inimigas da paixão sexual). As Esmeraldas mais claras eram consideradas as melhores, pois tinham a reputação de ter vindo dos “ninhos de abutres”.
As Esmeraldas eram empregadas como antídotos para venenos e feridas venenosas, assim como contra possessões demoníacas. Usadas ao redor do pescoço, eram vistas como um fator de cura para a epilepsia.
No século III, a pedra preciosa mencionada por Theojratus no seu tratado sobre gemas era uma Esmeralda, sugerida para vista cansada. Esta teoria era tão prevalecente naquele tempo que os gravadores de pedra conservavam Esmeraldas em suas mesas de trabalho de modo a poder, de tempos em tempos, olhar para elas para aliviar a fadiga dos olhos.

No século XIII, os médicos hindus consideravam que a Esmeralda tinha um efeito laxativo e além de curar disenteria, diminuía a secreção da bile e estimulava o apetite, promovendo a saúde do corpo e destruindo as influências demoníacas. Teifashi , já em 1242, acreditava que a esmeralda curava a hemoptise e a disenteria, se usada sobre o fígado da pessoa enferma. Para sanar problemas estomacais, deveria ser colocada sobre o próprio estômago.
Onde quer que as Esmeraldas fossem guardadas, seu usuário seria protegido contra criaturas venenosas e espíritos malignos. Talvez a luz refletida por muitas dessas gemas sugerisse a ideia de que elas irradiavam uma certa energia curativa. Acreditava-se, também, que uma serpente que olhasse uma Esmeralda perderia a visão.
Na primeira década de 1600, a cura para disenteria consistia em suspender uma Esmeralda de modo que ela tocasse o abdômen. Uma outra era então colocada na boca do paciente. Elas têm afinidades com Câncer, Touro, Libra, e, pedras de cor mais profunda, com Touro e Escorpião.
Utilização: – Use-a no dedo mínimo, no dedo anular, sobre o coração ou no braço direito. Posicione-a como for mais apropriado para a cura. Não a use constantemente, pois ela pode inspirar emoções negativas. As Esmeraldas opacas não são adequadas para a harmonização mental.
Efeitos Terapêuticos: 
  • Chakras: Sétimo Coronal
  • Saúde: Visão
  • Indicação: Diabetes

 

Usos e Aplicações: Pedra da profissão: Advogados, Ambientalistas,Atletas, Dançarinos, Donas de Casa, Enfermeiras, Escritor, Fazendeiros, Jardineiros e Médicos.
Pedra do signo de: Câncer, Touro, Libra e Escorpião.
Tipo de energia: Saúde e Cura
Procedência: Índia, Zimbábue, Tanzânia, Brasil, Egito, Áustria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: