Quizilas dos Orixás (Kizila ou Èèwò)

Quizila é tudo aquilo que provoca uma reação contrária ao axé, dá-se o nome de kizila ou èèwò, ou seja, são as energias contrárias a energia positiva do orixá. Estas energias negativas podem estar em alimentos, cores, situações, animais e até mesmo na própria natureza.
Como algumas kizilas ou èèwò dos orixás, tem-se:
  • Exu – água e mel em excesso
  • Ogum – quiabo
  • Oxóssi – mel de abelha
  • Iansã – abóbora
  • Oxalá – dendê, vinho da palma
A quizila é uma forma de reação negativa que atinge as pessoas, quer seja fisicamente, causando algum mal estar ou gerando algum transtorno na vida pessoal. Acontece quando comemos ou fazemos algo que não devemos; todos os orixás tem suas quizilas e seus filhos devem respeitá-las.
A quizila, em alguns casos, é como se fosse uma alergia natural, a qual se manifestará imediatamente. No entanto, a mais perigosa é aquela reação alérgica que não é imediata.
Os iniciados sabem o que devem respeitar, embora existam casos de desconhecimento decorrente de uma iniciação mal feita. As proibições mais comuns são determinadas comidas, temperos, folhas, bebidas, cores, etc.
Todo iniciado (feito no santo) convive com as quizilas (èèwó), que são certas proibições determinadas pelo orixá, “dono da cabeça” do filho ou filha-de-santo.

Quizilas de Iansã
Abóbora (Na verdade o que Iansã tem pela abóbora não é bem quizila, a quizila é para os filhos desta, Iansã tem pela abóbora GRATIDÃO.
Conforme uma determinada lenda, normalmente contada nos candomblés, Iansã quase foi morta por um carneiro que a traiu chamando inimigos de Oyá para que a matassem, e para fugir destes, Iansã precisou se esconder no meio de uma plantação de abóboras por toda uma noite disfarçada como tal, e por gratidão de ter escapado da morte jurou nunca mais comer abóbora, carneiro, lagartixa)

MAIS QUIZILAS:

Tudo aquilo que o nosso anjo da guarda rejeita, por qualquer motivo peculiar, que por vezes desconhecemos. Existem as quizilas da própria Nação e as de cada Orixá. As principais delas são:

  •  Não passar atrás de corda de animal
  • Não deixar passar com fogo nas nossas  costas
  • Não pagar nem receber dinheiro em jejum
  •  Não passar embaixo de escadas
  •  Não comer abóbora
  • Não comer peixe de pele (só comer peixe de escamas)
  •  Não comer caranguejos
  •  Não comer siri
  •  Não comer muçum ou arraia (quizila de Oxum)
  •  Não comer cajá
  •  Não comer carambola (pertence à Egum)
  •  Não comer fruta-do-conde ou sapoti
  •  Evitar abacaxi (quizila de Omolu)
  •  Evitar comer carne de porco (quizila de Omulu)
  •  Evitar manga-espada (quizila de Ogum)
  •  Evitar manga-rosa (quizila de Iansã)
  •  Evitar tangerina (quizila de Oxóssi)
  •  Não comer caça (quizila de Oxóssi)
  • Não comer carne nas segundas e sexta-feira
  •  Usar roupa branca nas segundas e sextas-feiras
  •  Evitar carne de pato (quizila de Iemanjá)
  • Evitar carne de ganso (quizila de Oxumarê)
  • Não comer carne de pombo ou galinha D’angola 
  •  Não ter em casa penas de pavão (tiram a sorte)
  •  Não varrer casa à noite
  •  Evitar coco (quizila de Oxóssi)
  •  Evitar melancia (quizila de Oxum)
  •  Evitar fubá de milho (quizila de Oxóssi)
  •  Não pregar botão em roupa no corpo
  •  Não usar roupas pretas ou vermelhas
  •  Evitar cemitérios
  •  Não comer a comida queimada do fundo das panelas
  •  Evitar aipim ou mandioca (pertencente à Egum)
  •  Não comer bertália
  • Não comer taioba (quizila de Nanã)
  •  Não comer pepino
  •  Não comer das folhas do jambo
  •  Não comer jaca
  •  Evitar ovos (quizila de Oxum)
  •  Não comer as pontas: cabeças, pés e asas de aves
  •  Não jurar pelo santo, nem pedir mal aos outros
  •  Nunca se fala cuscuzeiro nem cuscuz, para não revoltar Obaluaiê e Omulu fala-se agerê e bolo branco. 
  • Filho de Oxóssi não come milho vermelho, nem milho verde.
  •  Evitar comer uva itália (quizila de Ogum)
  •  Evitar mostarda (quizila de Nanã)
  • Oxalá tem quizila a todas as comidas preparadas no azeite de dendê, portanto os filhos de Oxalá não podem comer delas.
  • Não comer amoras e evitar passar embaixo do pé de amora (pertence a Babá Egum).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: