Exú Cigano

Este, como seu nome indica, se manifesta sob a aparência de um cigano. Quando vivia foi um cigano árabe, que veio como escravo ao Brasil junto com um contingente que provinha da África Oriental. Seu nome em vida era Hassam. 
Por ser o primeiro cigano que se iniciou no culto afro-brasileiro que ele conheceu no cativeiro junto com os demais escravos, obteve o privilégio de ser o comandante dos demais ciganos que se iniciaram, de onde passou a ser chefe do povo cigano. Logo, quando começa a manifestar-se, primeiro na macumba primitiva, logo depois na Umbanda e por último como “Exu de Alto” se dá a conhecer como “Cigano L’erú” que significa: “O cigano que foi escravo”, dando a entender que foi um dos que chegaram primeiro.
 
Sua vestimenta é composta de panos coloridos, turbante e bombacha no estilo árabe. Sendo um dos poucos ciganos (homens) que se apresentam desta maneira, já que a maioria vem com chapéu de feltro ou lenço de cabeça, calça, camisa e jaleco, pois são ciganos muito mais novos no tempo.
 
Os outros Exus que se manifestam como ciganos, quase nunca se chamam “ciganos”, por que de uma maneira geral são Almas de Ciganos que se iniciaram no culto, e chegam com a representação de algum outro Exu do Alto Comando, por exemplo: Exu Corcunda Cigano.
 
Alguns de seus caminhos são ramos de onde podem chegar os distintos ciganos:
 
Exu Cigano do Oriente – O que vem da África Oriental, Arábia e outros países asiáticos.
 
Exu Cigano do Circo – O que trabalha – como indica seu nome – nos circos e também em todos os lugares onde fazem espetáculos públicos.
 
Exu Cigano do Pandeiro – É ele que vem com um pandeiro na mão, bom dançarino, tem um estilo turco.
 
Exu Cigano Caló – É ele que representa a os ciganos que vieram ao Brasil desde Portugal, Espanha e França.
 
Exu Cigano da Praça – Aquele que se dedica a buscar oportunidades nas praças, feiras e parques, fazendo negócios.
 
Exu Cigano Romanó – Quando se apresenta como um cigano que vem de algum dos países de Europa oriental.
 
Exu Cigano do Violino – Que é a passagem na qual ele sabe tocar violino, sendo um cigano rumano.
 
Exu Cigano da Lira – Que faz alusão aos conceitos: 
  • a) que provém de uma cidade africana chamada Lira e que fora a princípio um ponto de encontro entre várias raças para comerciar; 
  • b) que é hábil compondo canções, cantado e tocando instrumentos variados.
Exu Cigano Giramundo – Que não deve se confundir com “Exu Giramundo-cigano”, pois Cigano giramundo é uma passagem de Exu Cigano o que mostra sob a faceta de trota-mundos, andarilho, em sua carruagem viajando de povo em povo. Sem dúvida, Giramundo-cigano é a representação de Exu Giramundo através de uma passagem como cigano.
 

Exu Cigano do Garito – O que trabalha nas casas de jogo clandestino. Devemos ressaltar, que “garito” é uma palavra cigana.

Há, todavia, muitos sub-ramos derivados das primeiras passagens e também outras passagens. Devemos deixar claro que, na Kimbanda, não há algum lugar para ciganos (homens) com nomes próprios, pois temos ouvido por aí que chegam: cigano-andrés, cigano-sandro, cigano-marco, etc. Na Kimbanda só chega Exu Cigano- “de tal parte”, os espíritos de ciganos homens que venham com nomes próprios, NÃO SÃO EXUS DE LEI, não devem ser admitidos nas giras, porque não pertencem à nossa religião. Os ciganos que entraram na nossa religião quando viviam, têm até o momento, somente um dos caminhos: 
a) Chegar representando a Exu Cigano ou Pombagira Cigana e um grupo; 
b) Chegar representando qualquer Exu dos altos comandos e ter ao final a denominação: “cigano”.

Exu Angola – Que pertence ao povo das Almas do Cativeiro.

Exu Cobra Preta – Pertence ao povo das Cobras que trabalha dentro do Reino das Matas.

Exu Come-Fogo – Ronda nas cercanias dos crematórios e pertence ao povo do forno.

Exu Coquinho dos Infernos – Que integra o grupo do Povo dos Infernos (dentro do Reino da Lira)

Exu da Estrada – Que trabalha nas rotas e estradas (povo do Cruzeiro da Rua)

Exu da Lama – Tem a incumbência onde há incêndios e faz parte do Povo do Forno.
 
Exu Dalva – Pertence ao Povo do Cruzeiro do Espaço. Gosta de trabalhar quando está amanhecendo e recebe as oferendas em terrenos abertos.
 
Exu do Ar – Trabalha sob o comando de Exu dos Ventos.
 
Exu Formiga – Pertence ao Povo das Campinas, mora perto dos formigueiros onde procura um de seus alimentos prediletos: as formigas.
 
Exu Gato – Prefere trabalhar nas encruzilhadas dos montes.
 
Exu Gererê – Trabalha dentro do mar, pertence ao povo dos pescadores, de fato, seu nome significa “red” em linguagem banto.
 
Exu Hora-Grande – Outro tipo de nome que se usa para referir-se a Exu Meia-Noite.
 
Exu Kolobô – Que trabalha nos cemitérios e ataca condolências, pertence ao povo das mirongas.
 
Exu Lalu – Trabalha nas encruzilhadas da praia sob as ordens de Exu Mirim.
 
Exu Limpa-Trilhos – Trabalha nas vias de trem abrindo os caminhos, pertence ao povo da Encruzilhada de Trilhos e seu chefe direto é o Exu Marabô.
 
Exu Mangue – Vive nos mangues.
 
Exu do Pantanal – pertence ao povo do Lodo.
 
Exu Pinga-Fogo – Que pertence ao povo dos Fornos ou do Fogo (povo do fogo material)
 
Exu Relâmpago – Trabalha no povo da Encruzilhada do Espaço (pontos cardinais), sob as ordens de Seu Sete Gargalhadas.
 
Exu Sete Horas – Que pertence ao povo do Cruzeiro do Espaço.
 
Exu Tira-Tôco – Trabalha nos montes de Eucaliptos a beiradas do mar. Pertence ao povo da mata da praia.
 
Exu Tranca-Gira – Trabalha nos cruzeiros sob as ordens de Exu Tranca Tudo.
 
Pombagira da Terra – Trabalha nos cemitérios.
 
Pombagira Rosária – Trabalha nos mercados e feiras.
 
Pombagira Sete Folhas – Pertence ao povo das árvores e trabalha na entrada dos montes.

1 Comentário (+add yours?)

  1. calmmenez
    Nov 17, 2013 @ 23:42:31

    Uauuuuuuuu que espetáculo!!! Parabéns mais uma vez pela belíssima postagem, voce é e sempre será a melhor em todos os assuntos sobre nossa religião, parabéns!!!!!!!

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: