A Vaidade dos Médiuns

vaidade dos médiuns

O Caboclo das Sete Encruzilhadas quando veio para este terra criar a Umbanda disse: “A Umbanda é a manifestação do espírito para a caridade”. E disse mais, quando este caboclo manifestou-se em um centro Kardecista: “ Amanhã estarei na casa deste meu aparelho, simbolizando a humildade e a igualdade que devem existir entre encarnados e desencarnados”. 

Vemos hoje em dia, médiuns se preocuparem mais com a roupa do “irmão”, se é mais bonita ou não, se o guia de um dá mais consultas que do outro, assim como Ogãns tratando médiuns como seus escravos, etc.  Como poderemos defender a nossa religião de pessoas que nos chamam de “Adoradores do Diabo”, se os próprios pais de santo falam mal da casa do outro? 

Hoje em dia Exú gosta de baixar no terreiro e falar que amarra pessoas, acaba com casamento, destrói com a vida do inimigo e outras atrocidades mais. Cadê a luz deste guia, que na verdade a sua missão é aconselhar o irmão ao perdão, mostrar o caminho para a evolução espiritual, aceitar as diferenças do próximo…? Com certeza este pobre médium deve estar trabalhando com um espírito zombeteiro.

O normal é o guia “montar” no médium, não o médium no guia, impressionante é ver guia pedindo o que pode e o que não pode aos seus consulentes para comprar suas roupas caras e joias que nunca levará ao plano espiritual, assim como tentar de todas as formas demonstrarem para a assistência que é o maior espírito naquele recinto, chegando ao ponto de comer cigarro acesso, pisar em brasa e até mesmo se cortar com navalha neste verdadeiro circo de horrores.  

Como começamos esta matéria falando em Caridade, Igualdade e Humildade, podemos ver nestes casos citados que nada se enquadrou na verdadeira Umbanda, e que o verdadeiro culpado nesta história toda é o médium vaidoso, que tenta ser mais do que o próprio guia, perdendo assim o mais importante em um terreiro de Umbanda: “A essência do espírito de bem”.

Advertisements

2 comentários (+add yours?)

  1. Carlos Alberto Menezes
    Mar 12, 2013 @ 13:33:56

    Com toda certeza estamos vivendo um mundo espiritual deferente do que conheci há 40 anos atrás. Naquela época víamos o santo incorporado, fazendo seus passes, curando enfermos, ajudando o pobre a conquistar seus objetivos. As roupas naquela época eram muito simples, nada de luxo, até porque santo, seja caboclo, preto velho, orixás, erês ou exus, são seres encantados que não exigem usar esta ou aquela roupa, mas devemos prestar atenção no nosso comportamento, isso sim é relevante para o nosso bom trabalho na espiritualidade. Visitando alguns terreiros, umbanda/candomblé, percebo o luxo das roupas usadas pelos médiuns da casa, parece até que estou assistindo desfile de carnaval, são muito paetês, muito brilho, as mulheres parecem as baianas dos desfiles, enquanto os homens são os mestre salas, HORRÌVEL!! além disso tudo ainda temos a falta de humildade por grande maioria deles, vemos muito soberba, arrogância, falta de disciplina e ambição. Triste minha linda o que vemos por ai, resta-nos rezar muito para que os olhos dessas pessoas se abram o mais rápido possível, do contrário veremos muitos morrendo por falta da simplicidade espiritual. Beijão amor!

    Responder

  2. lista de email
    Abr 17, 2013 @ 12:09:40

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: