Derramar Bebida no Chão

Pelo interior do Brasil ainda resiste o costume do bebedor derramar um pouco de bebida no chão. Antes ou depois de servir-se, joga aguardente no solo. É um gesto maquinal mas alcançando todo o território nacional. Outrora era mais comum o líquido ser atirado antes de beber-se. Presentemente o uso é lançá-lo ao final, esgotando o copo. Este deve ficar limpo. Sem bebida. Identicamente em Portugal, Espanha, França, Itália etc. Enchido o copo, o que paga diz a frase ritual:  Vamos dar-lhe! O homenageado deverá responder: Venha de lá, valendo exigir que o outro beba em primeiro lugar. Este retruca: Venha de lá que eu vou de cá! Tradução: “Beberei depois de você”; O homenageado sacode uma porção de “branquinha” no chão, e ingere. Passa o copo ao outro que sorve sua parte. Atualmente é o ofertante que joga no solo o que sobrou da bebida. É o comum, diariamente verificável, cerimonial antiquíssimo porque é cumprido sem que mais se conheça sua significação. Desapareceu qualquer elemento compulsivo mas continua obrigatório, indispensável no costume, fazendo parte integrante da etiqueta normal, da boa educação no plano da camaradagem. No catimbó todo o cauim (aguardente) bebido foi preliminarmente defumado com a “marca” (cachimbo do mestre) e deve uma parte ser atirada no chão em homenagem aos mestres, os soberanos dos reinos invisíveis, doadores dos “bons saberes”. Em certos catimbós a obrigação deve ser feita antes e depois de beber. Antes de tocar com os lábios e depois de haver sorvido a porção protocolar. Nos mais rústicos e antigos catimbós, o de mestre Dudu da Serrana, na margem esquerda do rio Potengi, diante da cidade do Natal, derramava-se um copo inteiro de cachaça antes de qualquer “trabalho”, logo depois de aberta a sessão e cantada a “Linha de abertura”. Nos mais adiantados onde os “mestres” tinham lido e viajado (Pará, Bahia, Recife ou Rio de Janeiro) a oferta cingia-se às gotas jogadas ao solo, antes ou depois de beber-se. Era fatal, com os “mestres” fiéis à tradição catimbozeira na legitimidade da expressão, o gesto para que o bebedor deixasse o copo inteiramente vazio. O copo com algum líquido, depois da bebida, era uma falta manifesta de respeito aos “mestres”, invisíveis e poderosos. Só existe uma explicação para este costume arraigado e natural no nosso povo. É a Libatio dos romanos e gregos, desaparecida há quase dois mil anos no uso religioso e mantida no costume inconsciente, pelos herdeiros da cultura que se dissolveu, no tempo, em Portugal e, decorrentemente, no Brasil colonial. E ficou resistindo até nossos dias. O ato de Libaro era justamente derramar água, vinho ou óleo perfumado, no chão, no lume ou no altar, oferenda aos deuses. Não se começava uma refeição grega ou romana sem a libação. Provava-se o líquido e despejava-se o restante no solo. Sem esta pequena cerimônia os deuses teriam inveja da alegria do banquete e vingar-se-iam. Para contentá-los ofereciam, antecipadamente, parte do simpósio, expresso no Libatio ritual. Era a participação sagrada no alimento terrestre. Comumente faziam a Libatio como súplica. Homero (Ilíada, XVI, 221-233) descreve a libação de Aquiles, na tenda diante de Tróia, a Zeus, senhor do raio, oferecendo-lhe vinho em taça virgem.palio 2012

20 comentários (+add yours?)

  1. lista de email
    Out 10, 2012 @ 13:42:19

    you need time to create that interesting and additionally real effort to make such a good article. lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

    Responder

  2. lista de email
    Out 10, 2012 @ 14:39:08

    this is interesting site, totally agree with you. hope to see this site keep alive. thanks! lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

    Responder

  3. lista de emails
    Out 15, 2012 @ 08:51:29

    Responder

  4. lista de emails
    Out 15, 2012 @ 17:31:35

    i appreciate your thinking, and the way you express your ideas is amazing. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

    Responder

  5. lista de email
    Out 16, 2012 @ 11:23:56

    you have got a really useful blog i have been here reading for about an hour. i am a newbie and your success is very much an inspiration for me.. lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

    Responder

  6. lista de emails
    Out 16, 2012 @ 16:36:12

    i’m visiting your website every day, it is very good to know there are still some good blogs. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

    Responder

  7. lista de emails
    Out 17, 2012 @ 12:02:56

    you need time to create interesting and additionally post, real effort to make such a good article. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

    Responder

    • lilamenez
      Out 17, 2012 @ 22:49:16

      Cesar, não posto todos os dias, porque preciso realmente de tempo para postar assuntos que sejam realmente interessante para o meu público. Muito obrigada e volte sempre

      Responder

  8. lista de email
    Out 18, 2012 @ 04:48:40

    thank you for the info, it really helps. lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

    Responder

  9. lista de emails
    Out 19, 2012 @ 13:39:17

    this is very useful article for many users. thanks for putting across these details in this article. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

    Responder

  10. lista de emails
    Out 27, 2012 @ 14:40:06

    i was exactly talking about this with a friend yesterday, and now i found about it in your blog. this is awesome. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

    Responder

    • lilamenez
      Out 31, 2012 @ 14:10:36

      Cintia, derramar bebida no chão é sinônimo de brigas, confusão, discórdia. É necessário ter muito cuidado para que isso não aconteça. Obrigada e volte sempre

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: