O JOGO DE BÚZIOS

 Os jogos mais difundidos são :

– O jogo de Alafiá = 4 Búzios 
– O Jogo de Odú = 16 Búzios 
– O Jogo no Ketu = 16 Búzios 
– O Jogo de Angola = 21 Búzios 
É possível 4 tipos de jogadas : 
 
1. Indica o orixá de cabeça (guia espiritual ou se você preferir o signo do indivíduo) dados da potencialidade pessoal. As suas qualidades e estilo ficam como que mais acessíveis. E nada impede que um homem tenha o estilo de um orixá dito feminino e vice-versa.
 
2. Responde às perguntas cujas respostas sejam do tipo sim/não/talvez. Búzio aberto (na astrologia se diz que há um aspecto favorável). No caso de cair com o búzio fechado (na astrologia aspectos desfavoráveis), estes elementos não se apresentam impossíveis mas são situações desafiadoras. 
 
3. Oráculo para qualquer pergunta ou questão mais complexa. 
 
4. O jogador pode lançar qualquer número de búzios numa jogada pessoal, já que há pessoas que usam 21 búzios.

A INTERPRETAÇÃO

A interpretação da “caída” dos búzios se fundamenta na quantidade de búzios abertos e fechados e na relação que existe entre este número e determinados orixás. Em certos casos como a opção 1 é considerado igualmente o dia da semana em que o consulente nasceu, exatamente como no ocidente o Domingo é dia do sol (sunday), Sábado de Saturno (saturday) etc., cada dia da semana é regido por um ou mais orixás, conforme abaixo: 
Dias no Candomblé: Segunda – Feira = Exu e Obaluaê. Na Umbanda-Astrologica: Iemanja, Oxum, Linhas de agua. 
Terça – Feira = Nanã, Oxumaré, Ogum. 
Quarta – Feira = Xangô e Iansã. Na Umbanda-Astrologica: Ibejis 
Quinta – Feira = Oxóssi e Logun-Edé. Na Umbanda-Astrologica: Xangô 
Sexta Feira = Oxalá. Na Umbanda-Astrologica: Oxossi. 
Sábado = Iabás, Iemanjá, Oxum e Ibejis. Na Umbanda-Astrologica: Obaluaê/Omulu 
Domingo = Olorum e todos os Orixás. Na Umbanda-Astrologica: Oxalá (eu trouxe os seguimentos pra que fique a escolha do buscador); Cada jogada se encerra com um quadro de chaves interpretativas, que dão margem a interessantes combinações. Não é raro acontecer “coincidências” incríveis. 
 

Com o tempo e a prática você será capaz de intuir fatos que hoje seriam tidos como mágicos. É uma questão de pura dedicação. Inicialmente aproveite os quadros como se apresentam. Futuramente quem sabe você passe a utilizar seu próprio método.

OS ORIXÁS
Para facilitar o entendimento, adotaremos o jogo da Nação Ketu, com 16 Búzios. A quantidade de búzios abertos e fechados que caem na peneira, indica qual orixá está respondendo a pergunta do consulente e qual a sua mensagem. Somente isto seria suficiente para qualquer tipo de interpretação, bastando para tanto saber as características de cada orixá (ODUS). 
ODUS –  (signos de Ifá), são presságios, destinos, predestinação. Os odus são inteligências siderais que participaram da criação do universo; cada pessoa traz um odu de origem e cada orixá é governado por um ou mais odus. Cada odu possui um nome e características próprias e dividem-se em “caminhos” denominados “ese” onde está atado a um sem-número de mitos conhecidos como itan ifá. Os odus são os principais responsáveis pelos destinos dos homens e do mundo que os cerca. 
Os orixás não mudam o destino da vida e sim executam suas funções dentro da natureza liberando energia para que todos possam dela se energizar e encontrar seu caminho. O odu é o caminho, a existência do destino o qual o orixá e todos os seres estão inserido. 
 
Cada pessoa pode ir de encontro ou seguir um caminho alheio ao destino estabelecido, neste caso seu destino e sua conduta fogem as regras siderais (seguiu um caminho diferente dentro do estabelecido). Geralmente nestes casos, as mesmas tentem a sofrer decepções em sua vida em geral (amor, trabalho, família, saúde, mortes prematuras, etc) São nesses casos que a espiritualidade pode ajudar, porém tudo que é natural e de conformidade com o destino, não deve ser modificado. Nós quando nascemos, somos regidos por um odu que representa nosso “destino” assim como o nosso caminho. Através de ifá, podemos averiguar o porque das situações serem adversas as de sua vontade e se a mesma está em um caminho diferente ao destinado ou escolhido. 
O destino das pessoas e tudo o que existe podem ser desvendados por meio da consulta a ifá, o oráculo, que se manifesta pelo jogo. Ifá tem seu culto específico e o mais alto cargo do culto de ifá é o de Owo, título concebidos a alguns babalaôs. Ifá é o orixá da adivinhação e para tudo deve ser consultado. Existem alguns tipos de jogo utilizado por Babalorixás e Ialorixás que não são os mesmos métodos do opelé ifá (utilizado pelos babalaôs em consulta a Ifá), como o rosário de ifá, o jogo de búzios (meridilogun), etc. No jogo de búzios (mais comum meridilogun) quem fala é exú, são dezesseis búzios que podem ser jogados também pelos babalorixás e ialorixás. A consulta a ifá é uma atividade exclusivamente masculina, mas as mulheres passaram a poder pegar nos búzios porque Oxum fez um trato com Exu, conseguindo dele permissão para jogar. 
O jogo de opelé ifá baseia-se num sistema matemático, em que se estabelece 256 combinações resultantes dos 16 odus usados no jogo de búzios ( ALÁFIA  OGBÈÒGÙNDÁ, ÌKA, EJÍOLOGBÓN, EJÍLÀSEGBORA, ÒWÓNRÍN, ÒFÚN, ÒSÁ, EJIONÍLE, ÒDÍ, ÒBÀRÀ, ÒSÉ, ÌRÒSÙN, ËTÀÒGÙNDÁ, ÉJÌÒKÒ, ÒKÀNRÀN) multiplicado por 16. Nada se faz sem que antes se consulte o oráculo, quanto mais séria a questão a ser resolvida, maior a responsabilidade da pessoa que faz o jogo. 
Vejamos as caídas e as principais características arquetípicas dos orixás : Os números à esquerda do “X”, representam a quantidade de “búzios abertos” e à direita a quantidade de “búzios fechados”. 
 
 
00 X 16 = Caída neutra, deve ser repetida a jogada . 
01 X 15 = EXÚ = Mensageiro neutro 
02 X 14 = OBALUAIÊ = Curioso, estudioso e preciso 
03 X 13 = OGUM = Objetivo, prático e egoísta 
04 X 12 = IEMANJÁ = Maternal, gentil e complacente 
05 X 11 = OXUM = Bondoso, sensível e comunicativo 
06 X 10 = EWÁ = Personalidade volúvel, confiante e temperamental 
07 X 09 = OSSAIM = Cordial, diplomata e orgulhoso 
08 X 08 = OXALÁ = Inteligente, sério, correto e lógico 
09 X 07 = LOGUN = Sofisticado, culto e egocêntrico 
10 X 06 = XANGÔ = Reservado, hábil e líder natural 
11 X 05 = OXÓSSI = Jovial, romântico e imaturo 
12 X 04 = IANSÃ = Extrovertido, franco e exótico 
13 X 03 = NANÃ = Discreto, místico e cauteloso 
14 X 02 = IBEJI = Infantil, volúvel, instável 
15 X 01 = OBÁ = Ingênuo, honesto e tolerante 
16 X 00 = OXUMARÉ = Enigmático, inteligente e astucioso 
 
 
O RITUAL Os búzios deverão ter sido deixados no sereno, em noite de lua cheia, num preparado com ervas de colônia, Santa Luzia, Saião, Água de Elevante Miúda e Graúda, Folha da Fortuna, Orepê, Seiva de alfazema, Açúcar com Epô de Oxalá e Macaçá. 

Pela manhã, antes do sol nascer, deverão ser lavados com as ervas em água corrente e mel e deixados em descanso por algumas horas antes do jogo. O olhador, deverá estar de roupa clara, descalço e com as guias de seus orixás. Não deve beber ou fumar antes e durante o jogo. Deverá então pedir licença para o orixá que rege o dia da semana para abrir o jogo saudando todos os orixás, começando por “Exú ” e finalizando com “Oxalá”. Pedir a iluminação de “Ifá” pronunciando a seguinte oração em yorubá:

Oduduá dadá Orumilá

Babá mim alarí qui Babá Oludumarê

Babá mim Baque oxê Bará Lonan Cou fie Babá mim

Emin lo xirê Babá Ifá bemim Mojubarê

Ibá orum Mojubarê Babalorishá

Mojubarê Oshalá Mojubarê Eshu Mogibá (bater o pé três vezes)

O quê oxê ifá ago.

Mas, uma vez volto a lembrar que o seguimento religioso do sacerdote conta muito, pois, se for na Umbanda inclinada ao soterismo, os dias dados pela Umbanda-Astrológica tem mais sincronia com as regências dos orixás pelos planetas, pois, o dia do Sol domingo, por exemplo, tem muito mais haver com a Luz de Oxalá do que na sexta-feira que é dia de Vênus.

Vejamos as caídas e as principais características arquetípicas dos orixás : Os números à esquerda do “X”, representam a quantidade de “búzios abertos” e à direita a quantidade de “búzios fechados”. 
 
00 X 16 = Caída neutra, deve ser repetida a jogada . 
01 X 15 = EXÚ = Mensageiro neutro 
02 X 14 = OBALUAÊ = Curioso, estudioso e preciso 
03 X 13 = OGUM = Objetivo, prático e egoísta 
04 X 12 = IEMANJÁ = Maternal, gentil e complacente 
05 X 11 = OXUM = Bondoso, sensível e comunicativo 
06 X 10 = EWÁ = Personalidade volúvel, confiante e temperamental 
07 X 09 = OSSAIM = Cordial, diplomata e orgulhoso 
08 X 08 = OXALÁ = Inteligente, sério, correto e lógico 
09 X 07 = LOGUN = Sofisticado, culto e egocêntrico 
10 X 06 = XANGÔ = Reservado, hábil e líder natural 
11 X 05 = OXÓSSI = Jovial, romântico e imaturo 
12 X 04 = IANSÃ = Extrovertido, franco e exótico 
13 X 03 = NANÃ = Discreto, místico e cauteloso 
14 X 02 = IBEJI = Infantil, volúvel, instável 
15 X 01 = OBÁ = Ingênuo, honesto e tolerante 
16 X 00 = OXUMARÊ = Enigmático, inteligente e astucioso
 
O RITUAL Os búzios deverão ter sido deixados no sereno, em noite de lua cheia, num preparado com ervas de colônia, Santa Luzia, Saião, Água de Elevante Miúda e Graúda, Folha da Fortuna, Orepê, Seiva de alfazema, Açúcar com Epô de Oxalá e Macaçá. 
 
Deixo claro a todos os irmãos, que cada casa, cada nação, cada zelador tem a sua forma de jogar e interpretar as caídas dos búzios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

%d bloggers like this: