OS FILHOS DE OXALÁ

Os filhos de Oxalá são pessoas literalmente tranquilas, literalmente equilibradas. O psicológico dos filhos de Oxalá é que são pessoas calmas e reinantes, mas devemos observar que pelo menos no Brasil, Oxalá está subdividido em Oxaguian, que é o Oxalá novo e  Oxalufan que é o Oxalá velho e as características de um e de outro são geralmente bem diferentes. Entretanto, ambos são respeitados e cultuados como Oxalá, e conseqüentemente tem algo em comum em seus temperamentos, a formação da personalidade dos filhos de Oxaguian e de Oxalufan, na verdade começa na infância e da mesma maneira e diversificando, se fixando com o passar do tempo.
Algumas formas de comportamento dos filhos destes dois tipos de Oxalá são muitíssimas parecidas, mas se analisarmos, mas ao fundo, verificamos que é até mesmo antagônico exemplo disso, é que em algumas demarcações são fundamentadas com Ogum, Oxóssi, Logum Edé, Oxum, fazendo destes que são regidos, pessoas mais ativas, animadas, extrovertidas e outras são fundamentadas normalmente com Orixás mais idosos como Omulu, Nanã, Iemanjá, fazendo dos regidos por esse orixá, pessoas mais calmas, introvertidas, pensativas e até mesmo mais lentas.
 
 
Oxalufan no sentido geral são pessoas mais compenetradas, introspectivas, de forte poder de liderança e capacidade de decidir, de resolver, de aconselhar. São muito parecidos com os filhos de Xangô, com certeza trazem consigo o equilíbrio da justiça, do exato, do correto. São pessoas severas, pois gostam de um trabalho limpo e bem feito, normalmente são pessoas muito sérias e de riso difícil, pois entendem a vida como uma missão que deve ser bem cumprida.
Como amantes são ternos e inconstantes, porém são os melhores líderes de família, os melhores chefes de família que existem, pela forma de conduzir-se e com certeza o equilíbrio emocional é o ponto referencial dos filhos de Oxalá. Negativamente são indivíduos de grande impaciência, lentos, vagarosos, meticulosos, reacionários, metódicos e exclusivistas.
 
 
Os regidos por Oxalá são pessoas que reclamam muito, pois acreditam cegamente que são os donos da verdade e da pura sabedoria. São também um pouco egocêntricos e normalmente donos de um grande ciúme, mesmo daquilo que não lhes pertence. Negativamente apesar de ser considerado um Orixá velho, os filhos de Oxalá são pessoas muito ativas e participantes, pessoas que se apegam facilmente a tudo e a todos e espera num sonho dourado resolver os problemas do mundo. São interessadas, amigas, sonhadoras e até mesmo arrojadas, calmas e serenas, escrupulosas e muito honestas.
Como amantes são ardentes apesar de não serem muito felizes no campo sentimental, fazem o possível para se acender sexualmente, o que dificilmente acontece, pois devido a forte carga de energia positiva de pacificação, de pureza, acabam muitas vezes fugindo dos hábitos normais do sexo. Como profissionais são destacados pelo enorme senso de responsabilidade e a liderança que carregam dentro do culto sempre se destacam pela seriedade, pela dedicação. Negativamente são volúveis, fúteis e de sensibilidade exagerada.
 
 
Os filhos de Oxalá não se contentam nunca com aquilo que tem e com certeza estão sempre entrando em choque com as pessoas, vivem reclamando da vida, gostam de um disse me disse e tem um forte poder de feitiço. Normalmente quando amigos tiram-se tudo dele, entretanto, se inimigos, tomem cuidado, pois são impiedosos e implacáveis nos desejos, na vingança, amadurecem pouco a pouco uma vingança e quando menos se espera a casa cai.
 
 
Mas o lado positivo dos filhos de Oxalá é que no geral seus filhos são pessoas muitas bem quistas dentro das casas de axé, dentro da cultura africanista. São pessoas sempre bem vindas, pois estão sempre prontas a participar de fundamentação, de orôs, por estarem sempre mesmo que não queiram, em estado de pureza, em estado de coração aberto. Pessoas que são incapazes às vezes de criticar, de colocar defeito naquilo que eles participam. Quando eles não podem ajudar também não atrapalham, por isso essas pessoas são muito bem vindas às casas de axé, são muito bem vindas para cargos de santo, muito bem vindas para ajudar qualquer casa de axé.
 
 
Os filhos de Oxalá são pessoas que se destacam por serem calmos, pacientes e uns tanto diplomáticos. Sabem como lidar com todo tipo de gente e com jeitinho consegue tirar sempre o melhor das pessoas. Não suportam injustiças e, para ver uma pessoa recebendo    o que lhe é direito, luta como se o problema fosse seu. Não costumam ter inimigos e nem serem invejadas, porque são pessoas humildes que fazem questão de viver de maneira simples, independemente de suas condições financeiras. É difícil vê-los nervosos, mas quando perdem a cabeça, o mundo se abala. Não olham para onde atiram os dardos envenenados, querem a verdade e a solução. Desculpas e tentativas de conciliação não tem espaço.
 
 
No amor são tímidos e sofrem por isso. Até encontrar alguém que esteja disposto a mergulhar nos mistérios de seu coração, sofrem com a solidão. Não namoram muito e, quando se apaixonam, agem como se fosse para sempre. Ainda cedo, acabam encontrando seu amor verdadeiro e costumam viver com ele até o fim da sua vida. Como poucos, sabem usar os seus poderes de sedução e seu romantismo para manter acesa a chama da paixão. Todas as vezes que surgem problemas, usam o diálogo como uma forma de reconciliação. Jamais usam palavras ásperas ou vulgares por mais nervosas que estejam e sabem que sua sinceridade é o seu ponto forte. Quando tem filhos, se transformam numa pessoa melhor ainda.
 
 
Costumam ser bem sucedidos em trabalhos que visam o bem de muitas pessoas. Não conseguem apenas ganhar dinheiro. Quando isso acontece em idade madura, costumam largar tudo por uma causa social. 
 
 
Influenciados por Oxalá, geralmente, torna-se grandes educadores, capaz de levar um grupo  a transformar a vida para melhor. Podem acabar em cargos do governo como diplomata, por saber lidar com o diferente. Como também possuem grande talento artístico, podem se destacar e se realizar como escritores. A inteligência é sempre muito requisitada, o que a força estar sempre fazendo novos cursos e assumindo cargos cada vez maiores onde trabalha. Precisa  analisar  sempre se é o que deseja, porque corre o risco de se estressar, cair doente e descobrir que tudo o que viveu não valeu a pena. Com calma, saberá como vencer na vida sem maiores problemas e chegar muito além do que imaginou.
 
 
A saúde não é das melhores, principalmente porque, muitas vezes, não consegue compreender as injustiças sociais e que nada pode fazer. Isso acaba fazendo com que sofram de gastrite e até desenvolva uma úlcera. Tem tendências à circulação deficiente e problemas nos rins e problemas de visão também são comuns. É preciso buscar maneiras de relaxar não apenas o corpo.
 
 
Os filhos de Oxalá tem uma grande tendência para a teimosia, mas que jamais resulta em violência – que Oxalá detesta, e quando estão na fase serena, relacionam-se em seu meio com responsabilidade, equilíbrio e respeito. Amáveis, prestimosos e espiritualistas, são capazes de resolver os maiores problemas com grande sabedoria, porém algumas vezes tornam-se calados, temperamentais e capazes de uma agilidade sobre-humana. Ainda assim, ostentam uma personalidade majestática e altiva. São aglutinadores e centralizadores, embora pareçam velhos desde a mais tenra idade.

OS FILHOS DE IROKO

Seus filhos são dotados de um senso de justiça diferente dos de Xangô. Enquanto Xangô é extremista à justiça, doa a quem doer, Iroko observa a justiça absolutamente individual, ou seja, preza muito pela subjetividade do individuo. Se o cumprimento do Karma do indivíduo é concluído, há de ser merecedor de seus créditos (Darma).
Isso reflete na ausência de comparações para o senso crítico de justiça desses filhos. Esses nunca dirão algo como “fulano está certo e você errado”, mas sim, estarão sempre dizendo “vejamos o que você fez, por que fez isso?”. São pontos de análise completamente diferentes, embora estejam muito próximos. Extremamente inteligentes e sábios, carregam o perfil psicológico daquele que mais ouve do que fala, pois em muitas das vezes já conhece o final da história contada. Apesar de também ser ranzinza, distingue-se da figura de Oxalufã por ser mais extrovertido e festivo.
Os filhos de Iroko são tidos como eloquentes, ciumentos, camaradas, inteligentes, competentes, teimosos, turrões e generosos.
Gostam de diversão: dançar e cozinhar; comer e beber bem.
Apaixonam-se com facilidade e gostam de liderar.
Dotados de senso de justiça, são amigos queridos, mas também podem ser inimigos terríveis, no entanto, reconciliam-se facilmente.
Um defeito grande, é o facto de não conseguirem guardar segredos.

OS FILHOS DE LOGUM EDÉ

Seus filhos aprendem a ter prazer pela vida e por estar perto das pessoas. Por se amar demais, ele auxilia as pessoas que estejam sofrendo e com a auto-estima muito baixa, como também gosta de luxo, eles ajudam pessoas que estejam passando por dificuldades financeiras, porém se não aprenderem a valorizar o que conquistaram, podem perder tudo.
 
 
Possui uma beleza natural e muito talento nas formas artísticas, como canto e dança. Têm muito contato com crianças e muitas vezes assumem comportamentos infantis. São muito responsáveis, porém não muito decididos, pois não sabem ao certo o que são e nem o que querem.
Sempre de aparência jovem, causando a impressão de que tem idade inferior à que realmente tem, e quando seus defeitos aparecem, demonstram-se orgulhosos e prepotentes. 
 
 
Os filhos deste Orixá querem conquistar o mundo com os pés em quinas de parede. Seus filhos devem tomar cuidado com problemas na cabeça e problemas respiratórios. São pessoas que se destacam pela beleza física e provocam afeição das mulheres (ou dos homens). São vistos como tipo de atraentes e sedutores. Também podem apresentar características de vaidade, preguiça e ciúmes. São contraditórios como Logum Edé e possuem natureza imprevisível. Tendem a puxar para o lado da mãe (sociabilidade) ou do pai (individualismo). Os filhos deste Orixá são volúveis, sonhadores, inteligentes e observadores. São impessoais e ao mesmo tempo gostam de penetrar em mundos completamente opostos ao seu. Assumem desafios, mesmo não estando muito seguro de que vão dar conta e sua personalidade é inconstante.
 
 
Os filhos de Logum Edé são pessoas muito inteligentes, muito inquietas, querem fazer mil coisas ao mesmo tempo, são pessoas com um tino comercial muito bom para questão de grana, de comércio e o único problema é que às vezes elas se perdem pelas suas paixões, pelos seus devaneios, pelos seus sonhos e com isso não conseguem realizar materialmente coisas importantes em sua vida, mas se tiverem uns sensos práticos bem determinados, com certeza terão tudo para conseguirem tudo de bom na vida.
 
 
Os filhos de Logum Edé possuem características de Oxum, ou seja, o narcisismo, a vaidade, o gosto pelo luxo, sensualidade, beleza, charme, elegância e tem características incomuns com Oxóssi, ou seja, beleza, vaidade, cautela, objetividade e segurança. No entanto, as características de Logum Edé que não pertencem nem a Oxum, nem a Oxóssi, na verdade ele reúne o arquétipo de ambos, mas de forma superficial. A superficialidade é a marca dos filhos de Logum Edé porque lhe dá o contrário dos filhos de Oxóssi, dos filhos de Oxum, não tem certeza do que são e nem do que querem.
 
 
As qualidades de Oxum e de Oxóssi se amenizam em Logum Edé, mas em compensação, os defeitos se destacam desta forma: são extremamente soberbos às vezes arrogantes e prepotentes, mas algo não se pode negar, os filhos de Logum são bonitos, possuem olhos de gato, algo que atrai e repele ao mesmo tempo. São do tipo bonitinho mais ordinário. São mandões, os donos da verdade, os mais belos cujo ego não cabe em si. Melhor não lhes fazer elogios em sua presença a não ser que queira ver sua imensa cauda de pavão abrir-se em leque. 
 
 
Quando tem consciência e consegue controlar os seus defeitos, os filhos de Logum Edé tornam-se pessoas muito agradáveis e muito bem quistos pela sociedade, são muito queridos nos ambientes de trabalho, nas rodas de amigos, são muitas vezes perseguidos por membros da família como irmãos mais novos ou mais velhos, primos, enfim, porque indiretamente acabam se tornando o quequê da família, acabam se tornando os protegidos ou até mesmo super protegidos dos pais, mas não que isso aconteça forçadamente, não que isso aconteça por necessidade, porque eles são capazes de transitarem livremente diante da problemática social, genética e seguirem seu caminho, escreverem cada um a sua história, mas sempre com muito encantamento, sempre com muita magia, sempre com muita força de caçador e com muito amor de Oxum, muita vaidade de Oxum, porque o encantamento de Logum Edé sem a magia, sem a beleza interior, sem o mistério que envolve cada ser humano, sem o potencial elementar da natureza que é o amor em primeiro lugar, a criação divina em segundo lugar por si próprio e em terceiro lugar por quem nos acompanha, seria impossível viver nessa terra de sentimentos conflitantes, de pessoas conflitantes, de cabeças mutantes, de pessoas que vivem e convivem sem muitas vezes se revelarem quem são realmente. 
 
 
Quantas vezes vivemos na companhia de uma pessoa e quando menos esperamos somos surpreendidos por atitudes e comportamentos totalmente oposto ao que nós esperaríamos dela?
Essa é a magia, esse é o encantamento, é a força em que faz cada ser humano crescer desconfiando, crescer sabendo que ninguém é 100% confiável, crescer sabendo que na guerra do amor vale tudo, crescer sabendo que quando se ama corre-se risco, a não ser que ame em primeiro lugar a si próprio e para amar a si próprio só tendo Logum Edé na genética espiritual, só tendo o conhecimento da existência dessa força mágica que é o misto de Oxóssi e de Oxum.

OS FILHOS DE OXUM

Os filhos de Oxum são pessoas finas, pessoas chiques, pessoas que gostam do belo, gostam de luxo, são pessoas que apreciam o melhor da vida, mesmo sendo desprovidas de potencial, mesmo sendo desprovidas de valores financeiros, ainda assim lá no seu interior, possuem no seu olhar o luxo, possuem na sua forma de agir, na sua forma de falar, de se portar, sempre o jeito de pessoas de boa situação, pessoas de boa educação, mesmo sendo pessoas desprovidas de cultura.
 
 
Os filhos de Oxum são infantis, crédulos e aparentemente ingênuos, são emotivos, instáveis, sedutores, inconstantes e infiéis. Choram e riem com a mesma facilidade. São doces como o mel quando desejam conquistar ou possuir algo, mas são falsos e mentirosos quando isso não lhes interessa. Perseguem seus objetivos, mas não são tão perseverantes no momento de atingi-los, ou seja, podem mudar de rumo, desviando-se dos obstáculos mais difíceis, mas continuam firmes na perseguição. Possuem um olhar encantador que parece enfeitiçar as pessoas, sempre se importam com a opinião pública, pois detestam vexame, bafafás e qualquer tipo de confusão ou escândalo.
 
 
Os filhos deste Orixá adoram roupas finas, caras, perfumes, luxo, conforto, riqueza, delicadas, sofisticadas, afeitas mesmo a alguma futilidade, são vaidosos e interesseiros, adoram jóias e adulações, chegam a ser narcisistas de tão vaidosos, não se apegam muito a paixões impossíveis. 
São também estrategistas, gostam de tudo no esquema, são namoradeiras e tem um interessa especial por sexo, não prestam muita fidelidade a seus maridos, são inconstantes no amor, mas quando querem um homem lutam até tê-lo a seu lado. Tem forte tendência artística ou para qualquer profissão que envolva ascensão social e muito dinheiro.
 
 
Os filhos de Oxum são dotados de uma espiritualidade sempre fora do comum com um alto grau intuitivo.
A forma física dos filhos de Oxum: normalmente são gordinhos, pois têm tendência para engordar, o que é coerente, pois adoram os prazeres, as festas, a vida social em geral. São muito fecundos, tem filhos com facilidade e são propensos a serem “gordinhos”. São preguiçosos, moles, indecisos, mostram falta de cuidado, parecem relaxados, mas esta é a maneira de seduzir.
Seus filhos têm tendência a sofrer de hipertensão, problemas de circulação, tensão nervosa e devem tomar muito cuidado com o álcool, as drogas e as doenças venéreas.
 
 
Os regidos por Oxum costumam ser muito amorosos, protetores e amigos. Onde quer que estejam sempre estarão mais preocupados com o bem-estar dos outros do que com o seu. Isso lhes confere grande espiritualidade e proteção em todos os momentos da vida. Gostam de receber as pessoas em sua casa e dá grande valor a família. Sentimentais ao extremo, são capazes de chorar por qualquer coisa, o que faz com que algumas pessoas aproveitadoras inventem mentiras para tirar proveito destes regidos por Oxum. Precisam aprender a ser mais durões e dizer não, mesmo que no fundo sofram com isso.
 
 
Quando o assunto é amor, os filhos de Oxum não abrem mão de ser feliz. Não curtem namorar muito ou se envolver com grandes paixões. Desejam logo se casar e formar uma família. Curtem sair com os amigos, ir a festas, mas em companhia da pessoa que ama. Vaidosas, fazem de tudo para que a pessoa amada os ache bonitos (as). Quando estão a fim de alguém sabem como chegar e abrir o jogo. Seus relacionamentos amorosos tendem a ser complicados porque o ciúme sempre fala mais alto. Não conseguem ver a pessoa amada conversando com o sexo oposto sem imaginar uma traição. Também são bastante possessivos e não gostam de dividir que ama com ninguém. 
 
 
É difícil para quem está ao seu lado viver dividido entre suas exigências e o amor que possui por outras pessoas. Apesar disso tudo, não são de brigas, preferem contornar a situação até o ponto que não dê mais, tendo de encarar a pessoa amada de frente.
 
 
Apesar de serem ambiciosos e buscarem estabilidade financeira acima de tudo em sua vida, são também um pouco preguiçosos. Procuram bons empregos, mas não estão dispostos a fazer maiores sacrifícios para obter uma vida melhor. Geralmente se saem bem em profissões onde possam ajudar diretamente as pessoas como assistente social, enfermagem, psicologia, etc. A área de educação também faz com que se destaquem e se realizem. Por serem vaidosos, tem grandes habilidades para lidar com coisas ligadas à beleza e trabalhar em clínica de estética pode render bons lucros. Em tudo o que fazem se dedicam com afinco, mas se sentirem que o emprego está afastando da sua família ou de curtir momentos importantes com os amigos, são capazes de abrir mão dele sem sentirem-se culpados.
 
 
De maneira geral, os protegidos de Oxum possuem boa saúde, porém sofrem com a facilidade de engordar, podendo chegar a obesidade. Para não cair na armadilha, o melhor que tem a fazer é começar a se cuidar desde jovem. Não devem abrir mão de uma alimentação saudável e principalmente devem trabalhar melhor suas emoções ou descontarão tudo em bons pratos de comida, o que fará mal. Deve ler bons livros, meditar, fazer yôga para aliviar a tensão.
Oriri com obi ralado é um banho muito bom para os filhos de Oxum.

OS FILHOS DE OXUMARÊ

Os filhos de Oxumarê são pessoas graciosas de fala macia, consideradas ambiciosas, que fazem o possível para vencerem na vida. Possuem o dom da paciência e da perseverança. Não se deixam abater pelas contrariedades que a vida lhe traz, revertendo sempre a situação a seu favor. Suportam com altivez qualquer rejeição que venham a sofrer. São prudentes e astutos nos negócios, gostam de luxo e da companhia de pessoas influentes. Confiam mais nas suas vibrações que nos conselhos dos outros. 
 
 
Quando conseguem uma certa projeção social, podem se tornar orgulhosos e, às vezes, arrogantes, ao tentarem diminuir as pessoas que o cercam. Eles sempre se destacam em qualquer ambiente, exibindo toda a sua soberania, cientes do seu caráter altivo e guerreiro. Apesar disso os filhos de Oxumarê são muito bons de coração, apiedando-se do sofrimento alheio e não se negando a ajuda-los. Não suportam ser colocados de lado ou serem traídos de alguma forma. Nessas situações, reagem usando alguns subterfúgios, para que esses inimigos sintam sua presença forte e ameaçadora, o que geralmente conseguem. Num confronto pessoal, agem com muita calma e coragem, falando tudo o que tem vontade, deixando a pessoa sem reação. Não se deve, portanto provocar uma pessoa que seja deste Orixá, sem estar preparado para uma reação brusca e agressiva como o bote de uma serpente. 
 
 
As pessoas deste Orixá são muito comunicativas e extrovertidas, provocando inveja em muitas pessoas. Mesmo que estejam passando por momentos difíceis, estão sempre dispostos a enfrentar os problemas, ao invés de fugir deles. São muito dinâmicos, indo atrás de novidades em todos os sentidos. Desempenham muito bem tudo o que se propõem a fazer, demonstrando extrema segurança em suas ações. Emocionalmente, são instáveis e com tendência a solidão, mesmo que acompanhados, provocando nas pessoas todo tipo de sentimento, como amor, ódio, alegria, compaixão, admiração, etc. Suas características se aninham em seus filhos, como a clarividência (poder de ver coisas que não são visíveis a olho nu). 
 
 
Os filhos de Oxumarê têm a capacidade de renovação e mudança constante, tanto que são tidos como pessoas que podem romper com seu estilo de vida e ser capazes de abandonar tudo (emprego e amizades) para começar uma nova etapa da vida. Tem tendência também à bissexualidade, mas nem todos os filhos de Oxumarê aceitam isso com tranqüilidade. Outras qualidades são a inteligência, a curiosidade e a ironia. São muito agitados e precisam de movimentação. São pacientes e determinados, vão até o fim em tudo o que fazem.
 
 
Os filhos de Oxumarê, divididos, entre as famílias da Dan, Bessem e Angorô são dotados de incrível capacidade de adaptação a qualquer tipo de situação. São pessoas despachadas, astutas, inteligentes e bastante observadoras; estão em constante movimento e não se deixam prender por nada, a não ser aquilo que realmente os interessa. São pessoas estudiosas e difíceis de se entender, o seu círculo de amizades aparentemente é grande, no íntimo é bem pequeno e seleto. Eles escolhem bem. São pessoas dadas às pesquisas, aos estudos. São aqueles que aprendem mais depressa, face ao seu poder de entendimento das coisas; são atenciosos e sensatos. 
 
 
Conseguem com incrível facilidade desenvolver qualquer tipo de trabalho, principalmente aqueles voltados às pesquisas.  São realistas, são pessoas bem realistas e rápidas no seu raciocínio e são mais apaixonadas pelo seu próprio trabalho que quaisquer outras coisas, amantes esporádicos, pois aparentemente conseguem viver um longo tempo sem sexo, mas quando estão dispostos levam a sério.
 
 
Os lados positivos dos filhos de Dan simbolizados numa cobra, assim são também aqueles regidos por ele. O lado negativo dessas pessoas é o fato de quererem impor suas idéias e personalidade o que acaba provocando muitos atritos em família. São perigosos, traiçoeiros e altamente rancorosos, normalmente são bastante ciumentos e egoístas, e exigem muito dos outros. Se estiverem de bem com alguém, são amigos, mas se de alguma forma são contrariados tornam-se amargos e antipáticos, chegam mesmo a ser ríspidos e desagradáveis. Tem tendências suicidas. 
 
 
Apreciam e conhecem jóias, bons tecidos, automóveis, bebidas caras, bons restaurantes. Podem ser ótimos sacerdotes de qualquer religião, pois conseguem captar facilmente os sentimentos das pessoas.
Os que recebem a influência de Oxumarê são pessoas geniosas, de personalidade difícil de agradar. Não gostam muito de se mostrar, são cheios de mistérios em relação a sua vida particular. Mas fazem questão de demonstrar ao mundo o seu melhor, afinal, são ambiciosos e sabem onde desejam chegar. São prudentes em relação às pessoas e buscam ajudar o quanto podem, mas se sentirem que há falsidade no que lhe contam, caem fora sem dar maiores explicações. 
 
 
 
Costumam ser vítimas de intrigas, mas de uma maneira geral, sabem como lidar com isso. Sua vida amorosa é marcada por um grande mistério sempre. Algumas vezes parecem extremamente apaixonados por alguém, mas ao mesmo tempo, parece que essa pessoa é apenas uma amiga. Demora a revelar seus romances porque acredita que inveja e mau olhado são os grandes vilões que acabam com sua relação. Sabe como conquistar alguém, mas só se aproxima de pessoas interessantes e com condições financeiras boas. Não tem vergonha disso, pois acredita que só pode melhorar e crescer na vida com alguém maior que você. Até suas relações amorosas busca garantir o sucesso profissional. Namorar um regido de Oxumarê não é fácil, pois sua tendência para a infidelidade é grande. Todas às vezes que bate a insegurança ou o ciúme, acredita que não é amada (o) como deveria e acaba nos braços de outras pessoas sem arrependimentos.
 
 
 
No emprego, se destaca como poucos pelo seu dinamismo e sua grande inteligência. Também tem o dom de resolver problemas rápidos e de maneira simples. Dificilmente erra em suas análises, e quando erra, nunca é por inteiro. Tem muito talento para artes e pode se destacar ainda mais em profissões ligadas a artes, decoração, arquitetura e paisagismo. Trabalhar com o comércio também é sua área, mas precisa ser dona (o) do seu próprio negócio, pois possui talento para saber como tudo precisa ser arrumado e dirigido.
 
 
 
Na saúde, estão sempre tão ligados aos seus assuntos profissionais que se esquecem de cuidar da alimentação, o que geralmente faz com que sofram com anemias e doenças que aparecem devido a ela. Devem se alimentar de maneira mais disciplinada e com maior qualidade. Muito cuidado também com o estresse, pois ele costuma atacar seus órgãos reprodutores, trazendo problemas graves de infertilidade. Sair um pouco de casa sem desconfiar tanto das intenções das pessoas, com certeza fará muito bem para os filhos de Oxumarê.
 
 
Oxumarê tem seus filhos caracteristicamente que tende a renovação e a mudança. Periodicamente mudam tudo em sua vida de maneira radical. Mudam de casa, de amigos, de religião, de emprego, vivem rompendo com o passado, buscando novas alternativas para o futuro para cumprir o seu ciclo de vida mutável, incerto de substituição, inconstante. Normalmente são magros como as cobras, possuem olhos atentos, salientes, difíceis de encarar, mas não enxergam muito bem. São pessoas que se prendem a valores materiais e adoram ostentar suas riquezas. 
 
 
 
São orgulhosos e exibicionistas, mas também generosas e desprendidas. Quando se trata de ajudar alguém são os primeiros a chegar, extremamente ativas e ágeis estão sempre em movimento, estão sempre em ação, não podem parar. 
São pessoas pacientes, obstinadas na luta por seus objetivos e não medem sacrifício para alcançá-los.
A dualidade do Orixá também se manifesta em seus filhos, principalmente no que se refere às guinadas que dão em suas vidas, que chegam a ser de l80º, indo de um extremo a outro sem a menor dificuldade, mudam de repente da água para o vinho.

OS FILHOS DE OXÓSSI

Os filhos de Oxóssi são discretos, curiosos e introvertidos. Tem muita iniciativa e estão sempre em busca de novas descobertas e de novas atividades. São rápidos e alertas. Estão sempre em movimento, não param. Tem grande senso de observação, muita sensibilidade e criatividade, entretanto são distraídos, instáveis e não são perseverantes. São pessoas bem generosas, hospitaleiras, românticas, carinhosas e apaixonadas. Tem um gosto apurado e dotes artísticos. São amigos da ordem e da vida. São amáveis, dóceis, educados, serenos e calmos para conversar e dar conselhos. 
 
 
São pessoas com muita iniciativa e que não gostam de se fixar num determinado lugar. Estão sempre interessados em descobrir novas coisas, são espertos. E têm grande senso de responsabilidade, principalmente com a família. No entanto, demonstram uma natureza volúvel com relação a suas relações afetivas. 
Demonstram enorme capacidade enorme capacidade de concentração em seus objetivos e uma elevada dose de paciência e tem maio facilidade em canalizar forças para aquilo que desejam realizar.
 
 
Os filhos de Oxóssi preferem viver sozinhos. Não costumam demonstrar seus sentimentos, pois são cautelosos a respeito de amizades e são desconfiados, mas quando se tornam amigos é para sempre, porém se, é desfeita a amizade, também é definitivo. Possuem fama de faladores e são distraídos e prestativos. Ajudam a todos que os procuram e dividem tudo o que têm. Geralmente são altos e magros, com talento para as artes. Como bons caçadores, analisam a situação e atacam na hora certa, pois quase sempre possuem uma única chance.
 
 
De forte ligações místicas são capazes até de adquirir poderes sobrenaturais. Sua lealdade e jeito franco e verdadeiro fazem com que sejam admirados e também muito invejados. Os protegidos de Oxóssi são bonitos fisicamente, o que faz com que atraiam a atenção sempre. Não costumam ser muito namoradores, mas como estão sempre atrás de alguém para subir ao altar, acabam se relacionando com mais pessoas do que realmente desejariam.
 
 
Têm o espírito muito jovem e parecem umas eternas crianças em busca do prazer. Ficar ao seu lado não é fácil, pois mesmo desejando um casamento, não suportam assumir responsabilidades, querem apenas uma vida prazerosa, o que faz com que a pessoa amada se sinta sobrecarregada. Quando estão apaixonados, demoram a tomar uma iniciativa. Ficam sempre muito indecisos sobre seus sentimentos e se devem ou não arriscar viver um grande amor que pode ser apenas ilusão. Quando encontram o grande amor, usam a intuição para saber como prendê-lo (a) e conseguem fazer isso com grande habilidade. Quando apaixonados, mostram suas fraquezas, o que pode fazer com que a pessoa amada se aproveite de seu medo de perdê-la.
 
 
Os influenciados por Oxóssi, por terem facilidade de se expressar, costumam se sair muito bem em todo tipo de profissão onde haja contato com o público. Profissionais como jornalismo, turismo e relações públicas tem tudo a ver. Como são muito apegados aos animais, podem ser bons veterinários. Como também são carismáticos, alegres e doces costumam ser professores de primeira. Mas sua precipitação pode fazer com que demorem a acertar e se realizar numa profissão.
 
 
Não conseguem guardar segredo e não sabem esperar, o que faz com que as pessoas mal intencionadas passem a perna neles com freqüência. Devem confiar mais em si mesmos e menos nas boas intenções dos outros.
Os filhos de Oxóssi não costumam ser um poço de saúde, mas também não ficam doentes gravemente ao longo de suas vidas. Têm tendências a sofrer com problemas de garganta, estômago e coluna, males nos olhos, boca e intestino, além de dores musculares. A garganta mostra que para não magoar os outros, engole muitas coisas que acabam sendo mal digeridas no estômago. Devem trabalhar melhor essas emoções através do lado místico que é bastante aguçado. Nunca devem abrir mão da espiritualidade porque sem ela, adoecem com facilidade.
 
 
Os filhos de Oxóssi são pessoas de aparência calma que podem manter a mesma expressão quando alegres ou aborrecidos. Do tipo que não externa suas emoções, mas não são de forma alguma pessoas insensíveis, só preferem guardar os sentimentos mais profundos para si. São pessoas que podem parecer prepotentes e arrogantes e às vezes o são. Na realidade os filhos de Oxóssi são desconfiados, cautelosos, inteligentes e atentos. Selecionam muito bem as suas amizades, pois possuem grande dificuldade em confiar nas pessoas. Apesar de não confiarem, são pessoas altamente confiáveis dos quais não se teme deslealdade. São incapazes de trair até o inimigo. 
 
 
Magoam-se com pequenas coisas e quando terminam uma amizade, terminam para sempre. São do tipo que ouvem conselhos com atenção, respeitam a opinião do próximo, a opinião de todos, mas sempre acabam fazendo o que querem. Com estratégia acabam fazendo prevalecer sua opinião e agradando a todos. Altos, prumados, os filhos de Oxóssi possuem facilidade para se mover mesmo entre os obstáculos. Seu andar possui deselegância, sua presença é sempre notada mesmo que não façam nada para isso acontecer. Os filhos de Oxóssi sempre se destacam em seu meio, sempre estão em evidência quando chegam.
 
 
Gostam da solidão, sempre se isolam, ficam à espreita, observam atentamente tudo o que se passa a sua volta. Curiosos, percebem as coisas com rapidez. São introvertidos e discretos, vaidosos, distraídos e prestativos, um comportamento típico de um caçador, de um provedor do seu povo. As pessoas que nascem sob a influência de Oxóssi, são pessoas ávidas por liberdade, meigas, inteligentes e exigentes; acomodadas, cultas e sensíveis. São artistas de um modo geral e amante da fartura e do exagero. Odé fornece a seus filhos uma energia vital muito grande, geralmente são pessoas joviais, rápidas e espertas, tanto mental como fisicamente. 
 
 
Grande capacidade de concentração e de atenção, aliada a uma firme determinação em alcançar seus objetivos e paciência para aguardar o momento certo para a iniciativa, e sempre em vias de novas descobertas ou de novas atividades. Tem muito senso de responsabilidade e de cuidados com a família. São generosos, hospitaleiros e amigos da ordem, mas gostam muito de mudar de residência e achar novos meios de existência em detrimento, algumas vezes, de uma vida doméstica harmoniosa e calma.

OS FILHOS DE OBÁ

As mulheres de Obá são valorosas e incompreendidas, cujo sofrimento acabam sendo parte de suas vidas. Essas pessoas têm a impressão que tudo para elas é mais difícil, exigindo grande capacidade de luta e resistência e acabam se entregando ao trabalho duro com afinco. 
 
 
Os filhos de Obá não têm muito jeito para se comunicar com as pessoas, chegam a ser duros e flexíveis, tem dificuldade para serem gentis, estabelecer um canal de comunicação efetiva com os outros. Às vezes são brutas e rudes afastando as pessoas de si. Isso deve ao fato dos filhos de Obá na maioria das vezes sofrerem de um certo complexo de inferioridade achando que as pessoas se aproximam e querem lhe tirar alguma coisa e de fato esse tipo de situação pode ocorrer normalmente com os filhos de Obá. Sua sinceridade chega a ferir, expressam suas opiniões, fazem críticas e acabam magoando as pessoas, pois não se preocupam em ser agradáveis, mas essa agressividade é puramente um instinto de defesa.
 
 
As filhas de Obá, não são atraentes, são desajeitadas e não tem elegância no trajar. Tem corpo estreito e pouco busto; o rosto é anguloso. Parecem mais velhas do que realmente são. São valorosas e incompreendidas. Decididas, agressivas e atuantes, tem sucesso nos negócios e nos ganhos, indo até as últimas conseqüências para alcançar seus objetivos. Gostam de acumular bens. São voltadas para o feminismo ativo e tem posições bem definidas. Dotadas de ciúmes mórbidos, são implacáveis quando traídas por amigos. São grandes sacerdotisas, comerciantes, militares, militantes sociais e donas de casa.
 
 
Os filhos de Obá trazem um fundamento de grande força, de tenacidade, de vontade de lutar pelas coisas e batalhar pelo que desejam. São pessoas com força de vontade extremas, podendo até ser violentas para alcançar os seus objetivos. São mulheres de sentimentos muito intensos, são pessoas bastante apaixonadas e que apegam muito facilmente aos seus casos, aos seus relacionamentos e tem também uma carência muito grande.
 
 
Os filhos de Obá são bons companheiros, amigos e fiéis. São ciumentos, possessivos no amor, por isso não tem muita sorte. Quando apaixonados nunca são os senhores da relação, cedem tudo, abdicam de suas convicções, vontades e direitos. Infelizmente nessa vida, filhos de Obá sofrem por esses caminhos. Caminhos infelizes no amor. Investem todas as suas cartas em suas carreiras e dentre as mulheres que se destacam profissionalmente numa sociedade machista podem se encontrar muitas filhas e filhos de Obá. Muitas vezes despertam as invejas de seus inimigos e podem sofrer algumas emboscadas, por isso devem vencer a tendência que possuem para a ingenuidade sobre a força, sobre a cultura de Obá é que existe o Candomblé.

OS FILHOS DE OSSAIM

Os filhos de Ossaim são tidos como pessoas introvertidas, misteriosas e discretas. Não gostam muito de opinar em assuntos que não lhe digam respeito. Além do mais, falam muito pouco sobre sua vida particular e do passado. Dão muito valor à sua liberdade e são pessoas pacientes. Também são apegados aos animais. O equilíbrio das emoções é outra característica marcante, ou seja: são do tipo voltado ao racional, e isso lhes confere um certo afastamento das questões sociais e da vida familiar.
 
Os filhos de Ossaim são sempre muito independentes, desde muito cedo, são bastante racionais e equilibrados, não gostam de badalações e preferem o isolamento. Gostam da terra, da mata, da vida e são muito dedicados à religião.
Os filhos de Ossaim não toleram enganações. O lado positivo é que são pessoas reservadas, estudiosas, sinceras, obedientes, são introspectivos e ao mesmo tempo alegres, cientistas de mão cheia, capazes de desvendar qualquer mistério. São corajosos, são pessoas que se entregam às pesquisas, a arte de curar, e desenvolvem poderes para benzeduras, chás, banhos e encantamentos, por conta de sua facilidade em aprender o domínio sobre as ervas. Como amantes são de veneta, às vezes são impossíveis, insaciáveis e às vezes se entregam por longo tempo à abstinência sexual. São profissionais altamente competentes e responsáveis por seu trabalho seja ele qual for. Não suportam brigas, mas quando irados são péssimos adversários.
 
 
Os filhos de Ossaim são dados ao estudo humano, sua tendência é sempre conhecer muito bem aqueles que os cercam. O lado negativo dos filhos de Ossaim: são feiticeiros, são verdadeiros bruxos dados à criação de poções mágicas para fazer sumir, fazer aparecer, pós-mágicos para toda espécie de coisas. São extremistas, capazes de acabar com a própria vida se for preciso. São traiçoeiros, são enganadores, articuladores, misteriosos, capazes de qualquer maldade.
Contudo sua presença é sempre muito desejada, pois possuem muito axé. Porém deve se lidar com os filhos de Ossaim com muito cuidado, pois eles têm uma leve impressão de estar sempre vigiando, passa às vezes uma forte carga negativa através do olhar. As pessoas com certeza têm a maior facilidade de absorver a negatividade e acabam caindo como mosca no mel, pois a força negativa dos filhos de Ossaim está concentrada no olhar. São vingativos, às vezes até mesmo covardes, pois trazem o inimigo para o seu habitat natural com a imposição para destruí-lo.

OS FILHOS DE IANSÃ

Os filhos de Iansã são pessoas que chamam a atenção por sua postura física alongada e imponente. Alegres, fortes e muito carismáticos, atraem as pessoas como abelhas ao mel. Para eles, não ser o centro das atenções é o fim. Sentem grande necessidade de serem paparicados, elogiados e conseguem isso com facilidade, principalmente porque são pessoas agradáveis de conviver. Às vezes, são temperamentais e por qualquer coisa brigam e explodem. Como não temem perder suas amizades, falam o que desejam, sem pensar nas conseqüências. Seus amigos mais íntimos aprendem a conviver com seu gênio e se divertem, afinal, por insistir em muitas coisas é que consegue benefícios para si e para os outros.
Seu espírito aventureiro faz com que quem se apaixone por um regido de Iansã, viva constantemente com medo de perde-la. 
 
 
Apesar de não se entregar à traição quando está apaixonada, não resiste em fazer jogos de sedução com terceiros, o que faz com que a pessoa amada se sinta desvalorizada. Para conviver com um regido por Iansã, é preciso ter nervos fortes e saber ser dura (o), pois eles não gostam de pessoas meladas que se mostrem dependentes de seu amor. Precisam sentir que podem perder essa pessoa, por isso é importante fingir que não liga para qualquer tipo de joguinhos de sedução. Demoram a formar família e, quando o fazem, não deixam que o casamento tire sua liberdade. O problema é que, diante das crises, fazem verdadeiras tempestades e podem passar dias sem falar com quem ama, até sua intensa raiva passar.Não são muito dados ao diálogo.
 
 
Sua grande força e energia podem ser percebidas no trabalho. Fazem tudo com muita dedicação e sempre com o objetivo de alcançar um cargo melhor, de preferência de comando. Seu atrevimento faz com que os chefes fiquem sempre atentos ao que fazem e, como não são bobos, acabam mostrando seus talentos nas horas que ninguém espera. Seu jeito impulsivo também faz com que perca boas oportunidades, mas como não tem medo do amanhã, acabam fazendo o universo trabalhar a seu favor.
 
 
Como seus sentimentos são sempre intensos, parecem uns vulcões a explodir, podem sofrer com graves alergias e problemas no aparelho respiratório; isso porque, emocionalmente, não conseguem lidar bem com o mundo. É como se tivessem sempre à frente de seu tempo. Devem procurar relaxar, fazendo mais viagens sempre junto à natureza e buscar expandir o lado espiritual e lembrar sempre de que não conseguem comandar o mundo.
 
 
Os filhos de Iansã são pessoas agitadas, ciumentas, irrequietas, autoritárias, são dóceis e intempestivas a um só tempo. São audaciosos, alegres, líderes, vaidosos, sendo ainda irritáveis e vingativos; perseguem seus desejos, são impacientes e ficam logo com raiva, são diretos no que querem, e não escondem sentimentos de ninguém. Seduzem com muita facilidade através de sua sensualidade e charme, costumar ser inconstantes no amor, porém quando se apaixonam, vão até o final. 
 
 
São pessoas de atitudes repentinas, sejam de ira, felicidade e de vontade de celebrar a vida sem qualquer motivo aparente. Abrem-se totalmente em seus relacionamentos, mas exigem lealdade. As mudanças súbitas de temperamento podem estar relacionadas ao surgimento de qualquer obstáculo ou alguma coisa que impeça a realização de seus desejos imediatos.
 
 
Uma grande ofensa é a agressão de qualquer espécie aos seus filhos. O agressor terá um adversário até a morte. São pessoas propensas a dar grandes guinadas em suas próprias vidas, a qualquer momento, sem se importar com ninguém. Não gostam de se prender a ninguém, pois são livres como o vento, a mais pura representação de seu Orixá. Os filhos de Iansã devem vigiar os rins e a vesícula biliar, pois podem vir a sofrer com problemas nestes órgãos.

OS FILHOS DE OGUM

Os filhos de Ogum têm forte tendência as lideranças, lutam bravamente até a vitória. Às vezes são egoístas e encrenqueiros, gostam de comprar brigas de amigos.

 

Com temperamento quente, irritam-se facilmente. São pessoas inteligentes, alegres e gostam de compartilhar as alegrias. Assim como o seu Orixá são mulherengos, festeiros e entrosados. Quando põem uma coisa na cabeça. Ninguém tira. Gastam aqui o que ganham ali. Geralmente são de estaturas médias para alto, fortes e de musculatura definida.
 
 
Os filhos de Ogum têm um comportamento às vezes briguento, mas com um grande senso de honra. A ligação desse Orixá com os caminhos fazem com que seus filhos gostem de viajar muito e não consigam se fixar num mesmo lugar por muito tempo. São persistentes quanto a seus objetivos e uma vez que tenham um em vista, dificilmente algo ou alguém conseguirá faze-los desistir de seguir o caminho escolhido. A natural expansividade também o leva a ser um líder nato. O tipo físico atribuído aos filhos de Ogum é o atlético, musculoso, com muita energia, por isso se interessam por praticar esportes no qual gastam energia. São do tipo que dão valor à liberdade sem fixar-se aos valores comuns da sociedade (valores materiais).
 
 
As pessoas de Ogum pelas próprias características desse Orixá são sempre valentes, impetuosos, destemidos, corajosos, objetivos, sentem um gosto por mudanças de lugares, por conquistas e assuntos ligados ao domínio de ferramentas e tecnologia.
 
 
São grandes negociantes, amante fiel e bem dedicado à família, são também verdadeiros guardiões de seu próprio patrimônio, geralmente são pessoas bonitas, talentosas e inteligentes.
Os filhos e protegidos de Ogum recebem dele esse gosto pela liberdade e a coragem para enfrentar as maiores batalhas da vida.
 
 
Quando o assunto é o coração, os filhos de Ogum mostram-se pessoas bastante egoístas. Se estiverem apaixonadas, fazem de tudo para conquistar quem deseja sem se preocupar se está magoando alguém ou não. Adoram tomar a iniciativa na hora da conquista e sabem como usar o charme para atrair quem deseja. Como não desistem facilmente, é difícil alguém escapar de sua rede.Após ganhar o coração da pessoa amada, faz de tudo para que ela seja feliz ao seu lado. Entrega-se por inteiro e ama quase que cegamente. Sua fidelidade é grande e só é capaz de trair se sentir que a pessoa amada não está sendo sincera com seus sentimentos. Possessivas, não escondem seu ciúme e são capazes de armar grandes barracos quando seu sangue ferve.
 
 
Costumam se sair muito bem em profissões que envolvam raciocínio rápido (como as militares) ou então energia física (como os esportes).Também se destacam na área de administração, comércio e engenharia.
Sua ambição é grande, e para chegar onde deseja, traça planos bem objetivos. Como não gostam de ficar parados, costumam de vez em quando arrumar mais um emprego e isso é também uma maneira de melhorar sua conta bancária, já que gosta de gastar.
 
Por serem bastante esquentados, perdem a cabeça e jogam tudo para o alto num gesto impulsivo. Isso faz com que mude de emprego com facilidade. Com o tempo amadurece e aprende a controlar essa energia intempestiva. Assim facilmente alcança cargos importantes, já que impressionam pela capacidade de resolver os problemas mais complexos.
Por serem ansiosos e tensos, os regidos por Ogum, tem como pontos fracos a cabeça, o fígado e o estômago. Doenças como enxaquecas e gastrite são sinais de que precisam controlar o estresse. Uma maneira saudável é fazer caminhadas sozinhos ou esportes coletivos. Dormir bem também é importante para ficar cada vez melhor, pois uma boa noite de sono é capaz de transformar seu humor.

OS FILHOS DE OMULU

 Os filhos de Omulu são insatisfeitos, nada está completamente bom para eles. Enxergam primeiro sempre o lado ruim. São de uma teimosia sem limites. Com a resposta sempre na ponta da língua, não levam desaforo para casa. São muito discretos, sem grandes ambições e muitos dados ao trabalho. Às vezes são pessoas doces. Têm forte tendência a doenças de pele, rosto e pernas. Gostam de tudo certo, no lugar, de ordem e, principalmente, de maneira planejada.
 
 
São pessoas de estatura pequena ou média e de pouca beleza exterior. Os filhos de Omulu são tensos, sábios e tristes. Costumam ser consultados para decisões importantes e, não raro, vivem solitários. Ocupam importantes cargos públicos e burocráticos, mas sentem que o bom humor não é seu forte.
 
 
Os filhos de Omulu têm o dom de curar, revelando-se grandes médicos e dedicando a vida à caridade, mas devem ter o cuidado especial com a saúde, visto que são propensos a sofrer com doenças de pele e problemas nas pernas e colunas. São sempre inclinados a socorrerem os fracos e os doentes. Gostam de lugares noturnos e de viver isoladamente. De um modo geral são de caráter doentio. São vias de regra da casa, de sonhos enfadonhos, são sinceros e não recuam nas decisões que tomam. Geralmente de algum defeito físico, tem algum sinal aparente.
 
 
Os filhos de Omulu são pessoas sérias, muito misteriosas e um tanto discretas. Costumam ter poucos amigos, porém conhecem muita gente pelos relacionamentos profissionais que estabelece ao longo de suas vidas. Muitos consideram que os filhos de Omulu aparentam ter mais idade do que verdadeiramente possui, isso porque, além de serem pessoas bastante caseiras, são tímidas e introspectivas. Vivem em seu mundo. Tudo o que traz algo de oculto e místico atrai os filhos de Omulu. Gostam de estudar coisas misteriosas, meditação, banhos de cheiro, enfim, tudo o que mexa com as forças do universo, faz parte de sua vida. São admirados pelo seu grande poder de decisão. Diante de um problema não se deixam abalar. Analisam tudo muito bem e mesmo quando todos dizem que não vai dar, eles encontram a solução.
 
 
Os regidos por Omulu levam suas vidas amorosas com discrição. Não gostam de pular de galho em galho. Geralmente namoram pouco tempo e se casam. Não acreditam em alma gêmea, e sim em companheirismo e cumplicidade. Para eles, ter uma pessoa disposta a viver tudo ao seu lado com respeito e tolerância vale mais do que viver uma louca paixão. Isso não quer dizer que não sejam românticos, mas preferem se dedicar carinhosamente para a pessoa escolhida a fantasiar alguém e uma relação que talvez nunca vá se concretizar. Não gastam seus tempos preocupados com traição ou ciúme. Confia em quem ama e ponto final. Se por algum motivo forem traídos, darão uma chance para explicações, mas dificilmente perdoarão o fato. Por mais felizes que estejam com seu relacionamento, existem momentos em que sentem profunda tristeza e precisam ficar sós. Isso passa a impressão à pessoa amada de que não está feliz ao seu lado, porém essa crise vem porque se envolvem com os problemas do mundo e não podendo ajudar acabam sofrendo.
 
 
É no trabalho que se realizam por completo. Gostam de estar fazendo algo, de planejar novos caminhos, de criar novas soluções, por isso devem trabalhar na área de administração, engenharia, economia e política, fazem os filhos de Omulu se destacar. São ambiciosos e tudo o que fazem é pensando no dinheiro que poderá ganhar, no conforto que desejam ter. Não costumam confiar muito em colegas de trabalho, por isso mantém uma relação fria e distante com eles. Quando tem posição de comando, essa situação se intensifica e os filhos de Omulu podem trabalhar quase isolados. Apesar disso, quando trabalham em equipe, surpreendem pela facilidade com que passam seus conhecimentos e pelo verdadeiro desejo de ajudar. 
 
 
 
Não são egoístas e confiam demais em seu talento.
Os filhos de Omulu, apesar de parecerem pessoas distantes, seguras de si e uns tanto insensíveis, guardam uma tempestade de sentimentos que, muitas vezes, não conseguem colocar para fora. Reprimem-se tanto que podem acabar sofrendo por depressão. Precisam buscar meios de liberar essa tensão e esportes como artes marciais são umas boas. Fazer teatro também pode ajudar, pois fará com que trabalhem todos os tipos de sentimentos. Os sentimentos fortes de amor e solidariedade podem se transformar em energia de cura através de suas mãos. Não devem ter medo de soltar seus sentimentos num trabalho assim e verão sua luz brilhar.

OS FILHOS DE NANÃ

Os filhos de Nanã são pessoas cheias de dignidade e nobreza de coração. Chegam a incomodar muita gente que não entende como alguém pode ser tão gentil até com quem procura lhe fazer o mal. São assim porque são espiritualmente elevadas, apesar de serem um pouco autoritárias. Acreditam que, às vezes, apenas tendo pulso forte e forme é que podem fazer com que os problemas se resolvam sem maiores danos. A seriedade com que vêem a vida faz com que sejam introvertidas e demorem a fazer amizades. Porém na intimidade se mostram pessoas alegres e muito divertidas. Viver ao lado dessas pessoas é privilégio.  
 
As pessoas regidas por Nanã têm uma vida amorosa cheia de romantismo. São consideradas amantes inesquecíveis por saberem ser afetuosas e dedicadas mesmo quando o romance passa por uma crise. Sabem o que deve ser dito da melhor forma possível, o que facilita harmonizar qualquer relacionamento. Não desconfiam da pessoa amada e fazem questão que ela também guarde a mesma confiança em seus atos. Sua sinceridade, às vezes, é cortante, mais jamais tem a intenção de humilhar quem ama. São pessoas que buscam relações duradouras e possuem grande talento para comandar uma família, pois tem um senso de responsabilidade invejável. Quando a relação sai dos trilhos por qualquer motivo, procuram sempre o caminho mais justo para resolver as pendências e nunca deixam de olhar seu lado e de admitir onde é que pode estar errando.
 
 
No trabalho, como buscam sempre ter estabilidade na vida, não gostam de se arriscar em empregos onde possam ganhar muito dinheiro em pouco tempo, pois sabe que estará sempre arriscando seus talentos em situações onde as falsidades podem falar mais alto. Tudo o que faz é com grande paciência e mesmo que lhe digam que o barco está afundando não se desespera. Coloca suas idéias no lugar e traça a melhor estratégia para organizar tudo e deixar as coisas no eixo. Tem grande talento para medicina e psicologia, mas como se dá bem com as crianças pode se destacar como professor (a). Fazer fortuna não é seu sonho, mas gostam de luxo e conforto, precisam de uma profissão que lhes garanta bons rendimentos. Trabalham muito bem em equipe, mas sentem-se melhor trabalhando sozinhos.
 
 
Na saúde costumam sofrer de grande cansaço nos pés e de problemas estomacais. Precisa descansar mais o corpo e a mente para não se prejudicar no dia a dia. Apesar de serem calmos, possuem as mentes sempre ocupadas e vivem cercados por preocupações suas e dos outros. Fazer exercícios de relaxamento é indispensável para conquistar o tão desejado equilíbrio. Melhorar a alimentação com comidas mais leves, principalmente à noite, é fundamental. O autoritarismo, às vezes, cria situações que podem mexer com seu equilíbrio sem necessidade. A paciência ainda é o melhor caminho para as pessoas de Nanã crescerem em dignidade e nobreza, além de que a paciência é uma das grandes virtudes nos filhos de Nanã que realizam tudo devagar e a seu tempo, característica de quem tem consciência da eternidade.
 
 
Os filhos de Nanã são carinhosos até demais e gostam de saber de tudo da vida dos que os cercam, mesmo que estes não queiram contar. Não são muitos bem humorados, além de serem chegados a um dramalhão. Agem como se muito mais velhos fossem. O perdão é seu forte e costumam ser procurados para conselhos mais sérios. Gostam muito de crianças, de educa-las, assim como são grandes avós. Tem fortes tendências a desenvolver precocemente doenças típicas de idosos.
 
 
Normalmente são de estatura baixa e vivem por muito tempo. Os filhos de Nanã são pessoas extremamente calmas, são lentas nos cumprimentos de suas tarefas, julgando haver tempo para tudo, como se o dia fosse durar uma eternidade, e chegam a irritar. Agem com benevolência, dignidade e gentileza.
As pessoas de Nanã parecem ter a eternidade a sua frente para acabar os seus afazeres. São pessoas que no modo de agir até fisicamente aparentam mais idade. Podem apresentar precocemente problemas de idade como tendência a viver no passado, viver de recordações, apresentar infecções reumáticas e problemas nas articulações em geral. 
 
 
As pessoas de Nanã podem ser teimosas e ranzinzas, daquelas que guardam por longo tempo um rancor ou adiam uma decisão, porém agem com segurança e majestade. Suas reações bem equilibradas são a pertinência de suas decisões, as mantém sempre no caminho da sabedoria e da justiça. Embora se atribua a Nanã um caráter implacável, seus filhos têm grande capacidade de perdoar principalmente as pessoas que amam.

OS FILHOS DE OBALUAIÊ

Os protegidos de Obaluaiê são pessoas perfeccionistas que buscam dar o melhor de si em tudo o que fazem. Quando apostam suas fichas num projeto não desistem de vê-lo realizado, leve o tempo que for preciso. Aliás, paciência é o que não falta a essas pessoas. Sua aparência de fragilidade e seu olhar triste escondem uma pessoa de grande inteligência e capacidade para alcançar grande sucesso. São muito preocupados com tudo o que acontece no mundo, o que faz com que caiam numa profunda tristeza, sem muitas explicações para os outros.
Ter os amigos ao seu lado é de extrema importância, pois é com eles que consegue se realizar como pessoa produtiva e importante. Introspectivos, pensativos, são seus filhos. Reservados, observadores, pesquisadores, modestos, simples, porém muito misteriosos. 
 
 
Normalmente são pessoas que falam pouco e que tem muito poucos amigos, porém amigos sinceros e verdadeiros e amigos para sempre. São lentos, calmos, estudiosos, mas com certeza uma forte parte envolvendo a feitiçaria, a alquimia, são pessoas literalmente eremitas. A solidão para eles é fundamental para o seu crescimento e importante, porque da solidão é que eles tiram a solução para os problemas difíceis daqueles que o cercam. Com certeza, talvez a qualidade mais introvertida deste Orixá é o silêncio. Seus filhos são alegres e gozadores, brincalhões, amigos sinceros e apesar de inconstantes, são amantes fervorosos e entusiasmados.
Muitas vezes são até atirados quando não conseguem agradar, quando não conseguem atingir seus objetivos, porém esse comportamento envolve muito os filhos jovens que são iniciados para esse Orixá deixando o lado sombrio para a vaidade maior, mesmo com o tempo de feitura, mesmo com o tempo de iniciação, eles acabam se ajustando ao próprio comportamento, ao próprio arquétipo desses filhos.
 
 
Com certeza não existe ninguém totalmente bom, nem ninguém totalmente mau, porém o lado negativo dos filhos de Obaluaiê é que são pessoas medrosas, inseguras, indecisas, nervosas e agressivas. Os filhos de Obaluaiê têm fortes tendências ao suicídio, devido acreditarem que a vida é sempre contra eles. São fatalistas, dramáticos, exagerados nos dramas. Secam as pessoas somente com o olhar. Com certeza são pessoas com defeitos que se destacam, mas são irresponsáveis, aparentam desleixo, esquecimento, mas são, com certeza atentos e sempre prontos para cumprir suas promessas.

São pessoas que abrem mão da sua própria vida em prol dos outros. São pessoas capazes de muitas vezes provocar verdadeiras guerras envolvendo várias e várias pessoas para defender muitas vezes somente uma e o negativo dos filhos deste Orixá é cair na antipatia das pessoas, pois não medem sacrifícios, não medem esforços, não medem recursos para atingir seu objetivo de vingança, mas na síntese são pessoas boas e seu elemento básico é a proteção, é a saúde.

Os filhos de Obaluaiê são pessoas que não se sentem satisfeitas se a vida corre tranqüila. Podem atingir situação financeira boa e um belo dia joga tudo para o alto, por conta de sua mania de perseguição. Em certos casos, são capazes de proporcionar o bem estar dos outros, esquecendo os seus próprios interesses e necessidades. São pessoas masoquistas, pessimistas, com tendências a autodestruição e solitárias. Costumam se manter à parte do seu círculo de amizades. Isso quer dizer que são pessoas que vêem em si mesmas uma série de defeitos e sofrimentos – que normalmente são exagerados – e mostram esses defeitos e sofrimentos em suas atitudes.

Apesar de serem pessoas doces e sinceras, quando estão amando, não costumam demonstrar seus sentimentos, tem grandes dificuldades em se entregarem. Parecem manter sempre um pé atrás com a pessoa amada, como se ela pudesse lhe trair a qualquer momento. Procuram dar provas de sua dedicação e fidelidade no dia a dia, com coisas práticas. Não são chegados a datas românticas, nem a declarações de amor, não que sejam frios, mas preservam seus momentos íntimos e só se entregam quando suas intuições lhe dão a certeza de que encontrou uma pessoa que lhe ama de verdade.

Como sempre dá provas de fidelidade e confiança, não gostam de ter de cobrar a pessoa amada. Caso essa venha lhe trair a confiança, não tomam nenhuma atitude precipitada. Primeiro esperam que ela venha lhe contar e só depois pensam em perdoar, caso contrário, terminam tudo e guardam grande ressentimento, que pode demorar a ir embora. Sofrer por um grande amor pode fazer com que isolem seu coração de um novo relacionamento por anos, o que é péssimo.

No setor trabalho, os filhos de Obaluaiê não são apenas pessoas de inteligência privilegiada como também são muito ambiciosas. Mas não se dão bem em profissões que busque apenas ganhar dinheiro. Realizam-se quando podem ajudar os outros como médico dentista ou veterinário, por exemplo. Profissões que exijam concentração, análise como pesquisas cientificas ou ligadas a terapias naturais fazem com que alcancem o sucesso. São sempre muito preocupados com o dia de amanhã, procuram economizar quase tudo o que ganham. Apesar de fazerem questão de viver com conforto, não abrem mão de garantir uma poupança para um socorro imediato.
Os filhos de Obaluaiê costumam ter a saúde prejudicada por doenças psicossomáticas, ou seja, de fundo emocional. Quanto mais sofre pelos outros mais se entristecem com o mundo, mais criam doenças para si mesmos. Precisam lutar também para não caírem em depressão. Devem buscar fazer meditação, aumentar a fé, estar ao lado de crianças e pessoas alegres. Se estiverem com o espírito fortalecido, dificilmente cairão doentes.

Os filhos de Obaluaiê guardam um forte mistério no coração, como se pudesse prever o que vai acontecer às pessoas. Procuram então ajudá-las o máximo possível, mas lembrando-se de que as pessoas só passam por aquilo que lhes é necessário para crescer.

Os filhos de Obaluaiê são pessoas extremamente pessimistas e teimosas e adoram exibir seus sofrimentos. São deprimidos e depressivos, são capazes de desanimar o mais otimista dos seres; acham que nada pode dar certo, que nada está bom. Às vezes são doces, mas geralmente possuem manias de velho, são rabugentos, gostam de dar ordem e são do tipo que não levam desaforo para casa e se sentirem ofendidos respondem no mesmo ato.
Não importa a quem pense que só eles sofrem, mas ninguém os compreende, são perversos e adoram irritar as outras pessoas. São lentos, exigentes, reclamões, reclamam muito, são deprimidos, amargos e vingativos, é difícil relacionar-se com eles. Parece que eles são pessoas que possuem muitos defeitos e poucas qualidades, mas eles têm várias qualidades que podem compensar qualquer defeito, pois são extremamente prestativos e trabalhadores.
A pedra ideal para andar sempre junto é a turmalina negra.

 

OS FILHOS DE IEMANJÁ

Os regidos por Iemanjá são pessoas emotivas, que dão grande valor à família e aos amigos. Muito gentis, tratam todas as pessoas sempre com a mesma educação e carinho. Não possuem aparência de fortes, mas são dominadores e possuem uma garra enorme. Também são protetores e ninguém se equivale a eles quando o assunto é ajudar um amigo ou dar abrigo a alguém indefeso. 
 
Lutam pelas coisas justas e não ficam em ambientes onde sentem que as aparências falam mais alto do que a essência das pessoas. Seu maior pecado é a vaidade, em nome da beleza são capazes de tudo. Precisam se sentir belos e especiais do momento em que acordam, ao momento em que vão dormir.
Quando o assunto é amor, são pessoas uns tanto instáveis. Seu humor muda de acordo com as marés e, da mesma maneira que um dia chora de saudade, faz escândalo por amor, no outro pode levantar e não tocar no nome da pessoa amada, como se ela nunca tivesse existido.
 
Gosta de dominar a relação, o que acaba por sufocar quem ama. Geralmente, seus relacionamentos são marcados por discussões, momentos de tensão e, ao mesmo tempo, muito carinho e companheirismo. O que pode se transformar numa dor de cabeça para você é sua necessidade de receber atenção e carinho. Quando a pessoa amada é meio distante ou não se liga muito ao romantismo, você se torna mais pegajoso (a) e passa a exigir de seu amor até aquilo que ele nunca poderá dar. Se por qualquer motivo, for traído, torna-se uma pessoa cheia de raiva e vingativa. Enquanto não ver o outro comendo o pão que o diabo amassou, não se sente feliz.
 
Trabalhar com um regido de Iemanjá é bom porque é uma pessoa amorosa e ambiciosa. Batalha pelo que deseja e respeita muito a opinião do outro. Aliás, possui um respeito tão grande pela chefia e seus superiores que chega a ser  reconhecido por isso. Costuma se dar bem em empregos onde possa lidar com crianças ou idosos, porque é muito paciente e doce. Também faz sucesso em empregos onde possa colocar a criatividade para funcionar como arquiteto, cantor, artista plástico, publicidade. Quando o importante do trabalho é que ele seja feito por equipe, você sempre bem lembrado, afinal poucos são os que conseguem reunir as pessoas em torno de um ideal comum. Pau para toda obra, não nega ajuda, chegando algumas vezes a assumir a responsabilidade dos outros.
 
Costumam ter boa saúde, mesmo porque não se deixam abater por gripes ou doenças comuns que pegamos em algumas estações. Deveria se exercitar mais, até porque tem facilidade em engordar, mas são preguiçosos demais, só fazem exercício quando um médico manda ou quando alguns amigos os incentivam a acompanha-los. Como guardam tensão, e de vez em quando explodem com grande raiva, precisam ter mais carinho com seu fígado, buscando praticar meditação e ler mais livros que aumentem a espiritualidade. 
 
Os filhos de Iemanjá são pessoas muito voluntariosas e que tomam os problemas dos outros como se fossem seus. São pessoas fortes, vigorosas e decididas. Gostam de viver em ambientes confortáveis e com certo luxo e requinte.
Os filhos de Iemanjá põem a prova suas amizades que tratam com carinho maternal, mas são incapazes de guardar mágoa, por isso não são merecedores de traição. Eles costumam exagerar em seu afeto, exagerar em seu amparo, em sua proteção e fazem uso às vezes de chantagens emocionais e afetivas. São pessoas que dão grande importância aos filhos, mantém com eles os conceitos de respeito e hierarquia sempre muito claro em seus traços pessoais.
 
Sempre nas grandes famílias há um filho de Iemanjá pronto a se envolver com os problemas de todos porque gostam. Gostam tanto disso que podem se revelar um excelente psicólogo e responsável familiar.
Filhas, muitas vezes, abrem mão de sua vida pessoal, sentimental, sexual, amorosa, para cuidar de uma velha mãe doente, para cuidar dos sobrinhos e encaminha-los, por muitas vezes se satisfazem somente com estas tarefas que fazem dos filhos de Iemanjá, pessoas ricas. Ricas de sentimento, ricas de caridade, ricas de fé.
 
Fisicamente, os filhos de Iemanjá tendem a obesidade ou com certeza  a uma certa desarmonia do corpo. As mulheres, por exemplo, acabam ficando com os seios avantajados e as nádegas contidas e preferem cabelos compridos.
São extrovertidas e sempre sabem de tudo mesmo que não saibam, não se deixam perder no caminho da incerteza.
 
Entre as filhas de Iemanjá, todas são queridas numa casa de axé, mas normalmente se destacam muito pela parte culinária, pelo carinho com a alimentação dos filhos, pelo cuidado. Normalmente são pessoas que recebem cargos nas casas as quais são iniciadas.
 
Cargos como de Iarrunçó ou Mãe Criadeira, cargos que vai lidar diretamente com aconselhamentos que depende da sabedoria sentimental de quem os criam, por isso as filhas de Iemanjá são muito respeitadas e muito queridas nas casas de axé.
 
Os filhos de Iemanjá, de predominância feminina, costumam ser protetores ao extremo. São mulheres bonitas, tendem à obesidade e costumam portar seios volumosos, fortes, cheias de sensualidade, pouca região glútea, longas madeixas e julgam-se os mais sábios.
 
São o arquétipo da mãe que dirige o lar com eficiência. São pessoas generosas e dadas a amizades, sem realizar planos futuros. Com muita meticulosidade, porém se prendem às necessidades do dia a dia. Gostam de dar ordens e são obstinadas, decididas, ansiosas, não conseguem guardar segredos, são voluntariosos e tomam pra si os problemas alheios. São prestativos, gostam de participar de tudo.
Curtem o luxo e a riqueza, gostam do conforto e de uma vida calma, até mesmo o jeito de falar e agir, são calmos, porém, acaso a segurança de sua prole esteja ameaçada, podem se tornar feras, principalmente mulheres muito serenas. São possessivas e gostam de influenciar a vida dos que estão por perto (entes queridos). Gostam de estar em bando, dissertando sobre tudo e sobre todos. São francos, alegres, desconfianças sempre no coração, tem equilíbrio emocional, são sábios, competentes.
 
Gostam do trabalho e se dedicam inteiramente as famílias.
Os filhos de Iemanjá costumam apresentar problemas no ventre, aparelho urinário, genital e deficiência circulatórios.

OS FILHOS DE EWÁ

São pessoas de beleza exótica, diferenciam-se das demais justamente por isso, possuem tendências a duplicidade, em algumas ocasiões, pode ser bastante simpática em outras são extremamente arrogantes. Às vezes aparentam ser bem mais velhas outras vezes   parecem meninas, moças ingênuas e puras. Apegas à riqueza, gostam de ostentar roupas bonitas e vistosas, sempre acompanham a moda. Adoram elogios e galanteios. São pessoas altamente influenciáveis que agem conforme o ambiente e as pessoas que a cercam, assim podem ser contidas, podem ser damas de alta sociedade quando o ambiente requisitar, podem ser mulheres populares, falantes e alegres em lugares menos sofisticados.
 
São pessoas vivas e atentas, mas sua atenção está canalizada para determinadas pessoas ou ocasiões, os que as levam com certeza a se desligar do resto das coisas. Isso aponta certa distração e dificuldade de concentração, especialmente em atividades escolares.
As filhas de Ewá são notadas pela beleza do rosto, nota-se logo pelos traços singelos, bem lapidados, bem trabalhados, normalmente tem o corpo esbelto e o andar silencioso. Os olhos costumam ser pequenos, lembrando um olhar de cobra, ou um olhar de pássaro. O nariz costuma ser pequenino e cheio de graça. As mãos pequeninas. Se forem brancas terão na sua pele a aparência de veludo, se forem morenas terão um brilho próprio. Por mais que tentem não conseguem deixar os cabelos crescerem.
As filhas de Ewá são preguiçosas e faladeiras, tendem muitas vezes a serem chamadas de arrogantes. Seu jeito pode não agradar muito as pessoas. A maioria delas são namoradeiras, se apaixonando muito fácil, são fofoqueiras, malcriadas, se julgam tão auto-suficientes que não pedem ajuda a ninguém, preferem antes ajudar. Gostam de estudar, e detestam receber ordens. Em alguns momentos preferem se isolar, ficando sós com seus próprios pensamentos. São muitos determinados, são calmos, mas quando necessário torna-se briguentas. Não conte segredos a elas, pois não conseguem guardar nem os seus.
 
As filhas de Ewá são agitadas e são pessoas com saúdes debilitadas, com tendência a problemas respiratórios e intestinais. Por outro lado, são leais, carinhosos e alegres.
 
Profissionalmente se dão muito bem nos setores de Assistência social, professores, enfermeiras, médicas (principalmente pediatria), donas de casa, freiras, rezadeiras, curandeiras, feiticeiras, psicólogas, cabeleireiras, maquiadoras, jornalistas e escritoras.

 

Previous Older Entries Next Newer Entries

Orixás e entidades da Umbanda e do Candomblé.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Freshly Pressed: Editors' Picks

Just another Wordpress.com weblog

real ultimate waffe (.net)

FACT: mdawaffes are mammals

Umbanda de Caboclos, Boiadeiros, Pretos Velhos, Marinheiros e todo o seu mistério

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Ciganos, suas origens e seus mistérios.

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Mestre Zé Pilintra

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Rainha Maria Padilha, Exús e Pombo Giras

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Lendas, Mistérios e Curiosidades da Religião Afro

O conhecimento da religião dos Orixás, mostrando lendas, curiosidades e mistérios da nossa religião.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 338 outros seguidores

%d bloggers like this: